Notícias Adventistas

81 congregações adventistas no PR alcançam excelência no Ministério da Recepção

As igrejas que atingem Selo Ouro participam da celebração, em reconhecimento do seu trabalho

10 de novembro de 2014
A Celebração Selo Ouro no Sul do Paraná acontece desde 2010

A Celebração Selo Ouro no Sul do Paraná acontece desde 2010

Curitiba, PR… [ASN] “A primeira impressão é a que fica”,  já diz O ditado popular. A recepção geralmente é o primeiro contato que um visitante tem ao ir à igreja. Para que ele se sinta à vontade e bem acolhido, a Igreja Adventista no Sul do Paraná incentiva e orienta as equipes que fazem parte do Ministério da Recepção.

Como uma forma de reconhecimento por todo o trabalho desenvolvido durante o ano, foi realizada mais uma edição da Celebração Selo Ouro do Ministério da Recepção. O evento que aconteceu na igreja do Capão da Imbuia, em Curitiba, reuniu cerca de 400 pessoas, representando 81 congregações no Sul do Paraná que conquistaram o selo ouro.

A líder do departamento, Keila Marques, explica que para atingir a excelência em recepção, simbolizada pelo selo ouro, é necessário cumprir requisitos e passar pelo selo branco, azul e prata. Todo esse incentivo tem o propósito de trazer a unidade da igreja. “Uma vez que as equipes adquirem o selo ouro elas também podem perdê-lo. É preciso manter esse padrão. Mas o objetivo principal de tudo isso é que a igreja seja acolhedora, não só na recepção, mas dentro da igreja também, criando uma interação de todos os departamentos”, ressalta.

A igreja que Irene Fiúza frequenta está entre as premiadas com o selo máximo. Antes mesmo de ser batizada, a diretora do Ministério da Recepção da igreja central de Matinhos, no litoral paranaense, já se apaixonou e demonstrou interesse pelo trabalho. Hoje, somam-se 14 anos, contando o trabalho desenvolvido em outra igreja que frequentava, que Irene recepciona as pessoas. “Eu gosto de abraçar e beijar. É muito bom quando alguém me diz que estava precisando daquele abraço. O retorno das pessoas faz com que a gente ame esse trabalho cada dia mais”, afirma Irene que conta com a ajuda do esposo em sua equipe.

Entretanto, o trabalho de Irene vai muito além dos momentos na igreja. Ela acrescenta que sempre leva pessoas em sua casa para almoçar, criando assim, um vínculo mais forte. “Em minha igreja existem quatro casais que ainda não são adventistas, mas que  sempre frequentam os cultos. Eles já criaram uma amizade conosco”, exemplifica.

A Celebração Selo Ouro contou com louvor, encenações, testemunhos e o batismo de duas pessoas. O evento se encerrou com a premiação das igrejas. [Equipe ASN, Jéssica Guidolin]

 

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox