Notícias Adventistas

7º Campori da APlaC reúne 2.500 desbravadores

Evento aconteceu de 4 a 7 de setembro, no Catre.

11 de setembro de 2015
IMG_0502

Cerimônia da Machadinha, momento que marca a abertura oficial do Campori.

Brasília, DF… [ASN] Participar de um Campori é um momento esperando por todo Desbravador. Com a jovem Maria Vitória Mourão não foi diferente. Além das provas e atividades cheias de aventura, das programações especiais e da oportunidade de fazer novos amigos, o primeiro Campori da Vitória se tornou uma caminhada de fé.

Isso por que, para poder participar do evento ela precisou arrecadar o valor para pagar a inscrição dela e da irmã. Depois de orar e entregar à Deus o desejo do seu coração de participar do evento, ela teve uma ideia. Nas duas semana seguintes, sob a supervisão dos pais ela saiu para vender amendoins e balas. Com dedicação e esforço, ao final do período, ela já tinha todo o valor necessário e garantiu sua presença no 7º Campori que reuniu os clubes de Desbravadores de Brasília e cidade do entorno.

IMG_1361

Carrossel de atividades físicas

Assim como Vitória outros 2.500 desbravadores participaram do evento do dia 4 a 7 de setembro, no Centro Adventista de Treinamento e Recreação de Brasília. Com o tema Maravilhoso Conselheiro, os participantes fizeram uma viagem pela vida e ensinos de Jesus. Apesar do calor, característico nesse período do ano, os desbravadores cumpriram as provas e atividades propostas com muita animação.

As programações da manhã e da noite reuniu o grupo na Arena para momentos aprendizado e reflexão sobre a bíblia, através de musicas, apresentações teatrais e do sermão. Ao final de cada culto dezenas de juvenis e jovens também foram batizados. E a jornada de fé de Vitória,que começou com o desejo de encontrar o Maravilhoso Conselheiro durante o Campori, seguiu mais um passo quando ela também decidiu entregar seu coração a Cristo, através do batismo. Através do seu testemunho, gravado em vídeo, outros desbravadores puderam conhecer sua história e através desse exemplo, também tomar uma decisão ao lado de Jesus.

IMG_0746

Batismo da jovem Vitória.

Para o líder de Desbravadores da APlaC, Marcílio Egidio, o objetivo do Campori não era apenas desenvolver os requisitos e habilidade físicas e sociais, mas que principalmente essa fosse uma oportunidade de aproximar os adolescentes a Cristo.

“Quando nos assentamos pela primeira vez para planejar o Campori nos pensamos nesses muitos meninos e meninas pudessem ter durante esses dias que passamos aqui uma vivencia, um relacionamento diferente com Deus”, compartilha Egídio.

No último dia de acampamento perguntamos a Vitória se valeu a pena todo o esforço para participar do Campori e resposta veio cheia de emoção.

“Eu agradeço a Deus pela oportunidade de estar aqui, valeu todo o esforço. Todo desbravador precisa aprender a nunca desistir. Essa experiência vai ficar marcada pro resto da minha vida”, conclui Vitória. [Equipe ASN, Liane Prestes]

Para ver mais fotos e videos do 7º Campori da APlaC, acesse: www.aplac.adventistas.org/desbravadores

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox