Notícias Adventistas

Concílio destaca o amor como principal foco para a igreja no MS em 2016

Trabalhando com as quatro ênfases ordenadas pela igreja adventista na região Centro-Oeste: Comunhão, Relacionamento, Missão e Nova Geração, o amor descrito na Bíblia é a base de cada uma dessas temáticas.

29 de janeiro de 2016

Campo Grande, MS…[ASN] “Assim, permanecem agora estes três: a fé, a esperança e o amor. O maior deles, porém, é o amor.” O versículo 13 do capítulo 13 da primeira epístola de Coríntios é algo para todo cristão refletir, dia a dia. Cristianismo é uma religião toda baseada no fato de seguir a Cristo, e Ele é amor. Sua essência é amor. Com essa ideologia a sede administrativa da igreja adventista no Mato Grosso do Sul (ASM) promoveu o 1º Concílio para pastores e anciãos do Estado, no último final de semana, na cidade de Campo Grande.

Aproximadamente 700 líderes estiveram reunidos no teatro Dom Bosco, no último final de semana, durante o 1° Concílio de 2016.

Aproximadamente 700 líderes estiveram reunidos no teatro Dom Bosco, no último final de semana, durante o 1° Concílio de 2016.

Trabalhando com as quatro ênfases ordenadas pela igreja adventista na região Centro-Oeste (UCOB): Comunhão, Relacionamento, Missão e Nova Geração, o amor descrito na Bíblia é a base de cada uma dessas temáticas. “Nós buscamos que pastores e anciãos possam refletir um pouco melhor sobre o que é missão e adoração no convívio da igreja, primeiramente, para que assim, nesse novo ano de trabalho, a gente consiga realizar todas as nossas atividades com planejamento, relevância e muito amor”, destaca o presidente da igreja no Mato Grosso do Sul, pastor Maiquel Nunes.

Programação

Aproximadamente 700 líderes – entre pastores e anciãos – das igrejas de todo o Estado, reuniram-se para o evento que teve como convidados e palestrantes o cantor Jefferson Pillar, o doutor Luigi Braga (Jurídico da Divisão Sul-Americana – DSA) e os pastores Francisco Neto Lumbungululo (União Nordeste da Angola) e Leonardo Godinho Nunes (IAEN/ULB).

Seguindo o foco principal do concílio, o cantor Jefferson Pillar destacou o amor como pilar do trabalho missionário.

Seguindo o foco principal do concílio, o cantor Jefferson Pillar destacou o amor como pilar do trabalho missionário.

O foco de trabalhar também a unidade entre pastores e anciãos deu certo e criou a expectativa por um ano com grandes resultados. “Nós percebemos o senso de responsabilidade que fica após o concílio e a vontade de trabalhar mais em prol da igreja, para avançar no trabalho missionário. O preço da liderança, muitas vezes, não inclui o fato de agradar a todo mundo, mas sim fazer o que é certo. E um evento com essa intenção ajuda as igrejas a trabalharem unidas, com o mesmo foco e em busca de um objetivo em comum: avançar na pregação do evangelho”, conclui o líder da igreja na cidade de Dourados, pastor Manoel Messias. [Equipe ASN, Rebeca Silvestrin]

Fotos: Deivison Pedrê

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox