Notícias Adventistas

700 adventistas paulistas recebem treinamento missionário especial

No dia 19 de maio, cerca de 700 pessoas das regiões, sul, sudeste, central, leste e do Vale do Paraíba participaram de um treinamento no Colégio Adventista de Vila Matilde, na zona leste de São Paulo. 

Por Jhenifer Costa 19 de maio de 2019

Na ocasião, mais de 700 valentes estavam presentes.

Desde 2014, o projeto Valentes de Davi, que reúne adventistas focados em ensinar a Bíblia e batizar pessoas, conta com mais de 900 participantes, segundo o coordenador do projeto, pastor Edimilson Lima. O projeto começou com 210 pessoas, ou seja, o crescimento foi superior a 328%. No dia 19 de maio, cerca de 700 pessoas das regiões, sul, sudeste, central, leste, norte e do Vale do Paraíba participaram de um treinamento no Colégio Adventista de Vila Matilde, na zona leste de São Paulo.

Leia também: 

Dupla jornada

Todos os valentes, como são chamados, vivem no território paulista uma dupla jornada. Durante o dia eles trabalham em seus respectivos empregos e, à noite, dedicam horas para estudar a Bíblia com interessados. Mesmo a correria da semana não os impede de cumprir o lema oficial do grupo “chamados para dar estudos bíblicos.”

O vendedor Ivanaldo Nunes, 44, é valente desde que o projeto começou. Ele conta como conseguiu batizar mais de 60 pessoas ao longo de quase cinco anos em Mongaguá, região litorânea do estado. “Eu trabalho vendendo vários utensílios em um carro na rua. Então, cada venda é um estudo que eu ofereço. É assim que eu vou pregando sobre Deus”, compartilha.

O líder dos valentes, pastor Lima, conta que esses fiéis são “a elite missionária da Igreja Adventista.” Segundo ele, não há tempo ruim ou justificativas para não falar sobre Deus e seus milagres. “Todos precisam ouvir sobre Deus, e os valentes estão dispostos a fazer qualquer coisa para batizar pessoas”, complementa.

Plano de Ação

Na foto, o líder Edimilson Lima.

De acordo com Lima, “o objetivo do projeto é potencializar o desejo missionários desses adventistas e dar todo suporte para que eles façam o que amam”, explica. É por isso que anualmente o líder Lima e os líderes regionais convocam os participantes para um encontro especial, no qual eles aprendem tudo sobre estudos bíblicos, fidelidade, relacionamento e missão.

A pedagoga Rosana Rodrigues da Silva, 47, começou a participar do projeto no início de 2019, mas já ensina sobre Bíblia há muito tempo. Para ela, esse encontro tem um significado ainda maior, pois além de conhecer pessoas com o mesmo objetivo, o treinamento é capaz de melhorar muito o trabalho que os valentes desenvolvem no dia a dia.

Neste ano, a cantora Tatiana Costa participou com uma apresentação musical. Ela interpretou a música “Fui Chamado Por Jesus”, reafirmando nos participantes a missão. O pastor evangelista, Emílio Abdala, também palestrou no evento. Abdala motivou os valentes a multiplicarem as Igrejas Adventistas no estado. Além dele, o líder de Mordomia Cristã, pastor César Guandalini, falou sobre a importância de ser fiel nos dízimos e nas ofertas.

Alguns administradores também estiveram presentes, como os pastores Oliveiros Júnior (líder na região do Vale do Paraíba) e Aguinaldo Guimarães (líder na região leste do estado).

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox