Notícias Adventistas

Evangelismo

Treinamento integrado capacita capixabas para o Evangelismo da Mulher

Encontro reuniu líderes do Ministério da Mulher e evangelistas do projeto Valentes de Davi.


  • Compartilhar:
Cerca de mil pessoas participaram do treinamento integrado (Foto: Jobert Aquino)

A Semana Santa terminou, mas os preparativos para a próxima jornada de Evangelismo começam a ganhar corpo. A Super Convenção integrou os departamentos do Ministério da Mulher e Evangelismo durante um treinamento que ocorreu neste sábado (23), no Colégio Adventista do Espírito Santo (Caes) – antigo Edessa.

Leia mais:

O treinamento colaborativo mirou na capacitação das líderes do M.M e evangelista do projeto Valentes de Davi com o foco no Evangelismo da Mulher. Cerca de 1 mil pessoas compareceram no encontro.

A próxima semana especial preparada pela igreja será o do Evangelismo da Mulher entre os dias 28 de maio e 4 de junho. Atualmente, dos mais de 29 mil membros da Associação Espírito Santense, 16.413 são compostos por mulheres.

“Nós esperamos que cada uma das nossas 308 igrejas dediquem um momento especial para a Semana de Evangelismo”, visualiza o presidente da Associação Espírito Santense, pastor Eber Nunes.

Administração ao lado dos organizadores do evento, Viviane Zahn e pastor Moabi Novaes (Foto: Jobert Aquino)

Para falar aos capixabas, o evento trouxe nomes de pregadores e evangelistas experientes. Os convidados trouxeram temas que contribuirão para a execução dos evangelismos nos templos do Espírito Santo. Entre os palestrantes estiveram a obreira bíblica, Ulda de Souza, a professora Ester Leal líder do Ministério da Mulher para a União Sudeste Brasileira – RJ, ES e MG -, pastor Julimar Santos, líder de Evangelismo para esta mesma região.

Semana de Colheita

A professora Viviane Zahn, líder do Ministério da Mulher para o centro-norte capixaba (Associação Espírito Santense) explica a necessidade de as mulheres compreenderem o que é evangelismo. Segundo ela, ainda existe a compreensão entre as líderes que associam a Semana de Evangelismo como se fosse uma Semana de Oração convencional.

“A Semana do Evangelismo da Mulher é colheita do que plantamos com nossos projetos”, salienta Viviane.

Ministério da Mulher e projeto Valentes de Davi juntos em prol da missão (Foto: Jobert Aquino)

O que se convenciona chamar de Semana de Oração são projetos que buscam atrair interessados para conhecer a igreja enquanto as Semanas de Evangelismo focam e batizar os amigos da igreja que estão realizando estudos bíblicos.

Viviane também sublinha que este treinamento tem o papel de mostrar o papel protagonismo que a mulher é chamada a exercer em todas as fases do evangelismo.

“Não apenas para ficar nos bastidores, as mulheres são convidadas a pregarem também”, corrobora.

Ulda de Sousa, obreira bíblica compartilhou suas experiências missionárias (Foto: Jobert Aquino)

Estratégias de Evangelismo

O pastor Moabi Novaes, líder de Evangelismo e Missão Global na Associação Espírito Santense complementa a fala de Viviane. Ele explica que além das diferenças entre os projetos também existem diferenças entre as mensagens que devem ser dadas.

O sermão de evangelismo, explica ele, trabalha com conteúdos mais didáticos e menos complexos a fim de dialogar com pessoas que não possuam contato com a Bíblia. Diferentemente dos sermões de pregações cotidianas, que trazem conteúdos doutrinários de maior complexidade.

“Também falamos sobre fazer apelos para levar a pessoa a ter um compromisso com aquela mensagem que ela escutou”, completa Novaes.

Ester Leal reforçou a missão como estilo de vida da mulher adventista (Foto: Jobert Aquino)