Notícias Adventistas

Série de evangelismo inclusivo para surdos é realizada pela internet

Os mais de 160 grupos de surdos adventistas se conectam de várias regiões do Brasil para estudar a Bíblia e interagir com a programação.

Por Mauren Fernandes 20 de junho de 2019

Momento de estudo da Bíblia durante uma das edições do Evangelibras. (Foto: Gustavo Leighton)

Com o objetivo de atender a necessidade dos surdos, a Igreja Adventista atua em diversas frentes que facilitam a acessibilidade desse público a materiais e programações. Tais iniciativas fazem parte dos Ministérios Especiais da Igreja Adventista, conduzidas pelo departamento de Missão Global.

Dos dias 19 a 22 de junho, essa comunidade estará reunida mais uma vez em todo o Brasil para assistirem juntos ao Evangelibras, um programa de evangelismo preparado na Língua Brasileira de Sinais. Sobre a iniciativa, A Agência Adventista Sul-Americana de Notícias conversou com o diretor do departamento de Missão Global da Igreja Adventista para a América do Sul, Edison Choque. Segundo ele, o sonho é conscientizar os adventistas sobre acessibilidade e expandir a iniciativa nos países hispanos.

A comunidade dos surdos adventistas ganha força a cada ano. Atualmente, quantas delas existem na América do Sul? E de que forma atuam?
Atualmente, são 164 grupos de surdos adventistas organizados em todo o Brasil e 24 nos países hispanos. Esse número vem crescendo, pois em 2014 eram 129. Em suas cidades, eles se reúnem para estudo da Bíblia, debates e confraternizações.

Como a Igreja tem se preparado para ser inclusiva em seus materiais, alcançando também esse público?
Todos os anos temos preparado os materiais mais relevantes que a Igreja usa, colocando-os na linguagem de sinais. Hoje já temos nesse modelo a lição da Escola Sabatina para adultos, o vídeo do Provai e Vede, livro Esperança para a Família e também a série lançada na Semana Santa, Renascidos – Novo Coração. Outros materiais são: kit de discipulado do novo membro, curso bíblico Ouvindo a Voz de Deus, revista Quebrando o Silêncio e os ideais do Clube de Desbravadores.

Qual é o objetivo do departamento de Missão Global ao realizar o Evangelibras?
Alcançar as comunidades surdas do Brasil com a mensagem de esperança falada especialmente para eles. Essa iniciativa é pioneira e acontece há cinco anos no Brasil. Nossa expectativa é superar a marca de 20 mil pessoas através da internet com esse programa.

O que esperar da edição 2019?
O Evangelibras deste ano terá sermões, palestras, debates e testemunhos, tudo transmitido pela internet. Essa já é a 5ª edição do programa e terá como tema “Renascidos”, o mesmo título da série da Semana Santa deste ano, exibida em mais de 105 mil pontos em toda a América do Sul. A série também será exibida inteiramente em Libras.

Muito já foi alcançado pelo ministério dos surdos adventistas. Mesmo assim, que sonhos você ainda tem para ele?
Nosso sonho, em primeiro lugar, é criar a consciência nas Igrejas Adventistas da importância de apoiar os ministérios especiais e ampliar a visão sobre acessibilidade. Sendo assim, o outro grande sonho é ter em cada igreja um Ministério Adventista dos Surdos. Outro desejo, que vai além do nosso país, é alcançar todos os países da América do Sul com o evangelismo através da linguagem de sinais. Como se sabe, cada país tem sua própria língua de sinais, e isso faz com que isso seja um grande desafio.

Para acompanhar a programação especial e encontrar materiais, acesse surdosadventistas.com.br

Veja como foi a primeira noite do Evangelibras deste ano:

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox