Notícias Adventistas

Mulheres movimentam 135 locais de evangelismo em junho na ARF

Em todo o território da Associação Rio Fluminense, ações envolvendo o Ministério da Mulher promoveu transformações de vidas dentro e fora da igreja durante a Semana de Evangelismo

13 de junho de 2018

Por Marcely Seixas

Raquel Souza ora pelos jovens Vítor e Juliana, que foram batizados pelo pastor Claudio Giron, titular do distrito, na igreja em Unamar, localidade do município de Cabo Frio, na Região dos Lagos, no encerramento da Semana de Evangelismo do Ministério da Mulher | Foto: Laís Santana

Ainda não chegamos à metade do mês e as mulheres das igrejas no território da Associação Rio Fluminense (ARF) já promoveram ações evangelísticas em 135 pontos diferentes, alcançando centenas de interessados em estudar a Bíblia. Seja em Pequenos Grupos, em pontos de pregação ou nas próprias igrejas, elas arregaçaram as mangas e movimentaram o evangelismo nas regiões onde vivem. Mais de 50 pessoas foram batizadas como resultado dessas ações. Essa movimentação toda girou em torno da Semana de Evangelismo, que teve como tema Jesus Indispensável, realizada entre os dias 2 e 9 desse mês, mas outras ações acontecerão no decorrer de junho.

Raquel Souza em participação na Semana de Evangelismo na IASD em Parque Califórnia, Campos dos Goytacazes.

“Fiquei muito feliz e impressionada em ver o empenho e o envolvimento das mulheres nessa semana de evangelismo. Muitas já estavam habituadas a esse trabalho, mas muitas outras se envolveram pela primeira vez, tanto pregando como dando estudo bíblicos e fazendo visitações. ”, afirma Raquel Souza, diretora do Ministério da Mulher na ARF. “Muitas decisões foram tomadas. Mulheres simples, pregando com poder, fazendo apelos, sendo usadas por Deus. ”, completa.

As mulheres representam mais da metade dos adventistas na ARF. É um número expressivo que, revertido para ações de evangelismo, podem alavancar o índice de conversões na região.

“Tivemos 135 pontos de evangelismo. Um número bem expressivo e resultante do fato de que muitas mulheres estão sendo treinadas e preparadas. Muitos outros pontos serão abertos e liderados por mulheres em julho, no Evangelismo Escola que acontecerá em nossa Associação. Louvado seja Deus por esta Semana Evangelística que impactou não somente a vida dos amigos que visitaram a igreja, mas também a vida dos membros e mensageiras de cada noite. ”, finaliza Raquel.

Jemima Mozer é esposa de pastor e participou pela primeira vez como pregadora em uma semana de evangelismo

Em sua grande maioria, os trabalhos nos distritos tiveram a participação das esposas de pastores. Para Jemima Mozer, que apoia o ministério do esposo no distrito de Saturnino Braga, em Campos dos Goytacazes, a semana de evangelismo foi a oportunidade de desenvolver a habilidade de pregar em uma igreja. Embora conviva em ambientes religiosos desde pequena, ela não se sentia à vontade para assumir um púlpito.

“Sempre me convidavam para pregar e eu nunca aceitei e vendo e sentindo Deus abençoando o ministério de meus esposo o Espírito Santo começou a falar comigo: Porque não aceitar a esses convites? Já que estava aproximando o evangelismo do MM eu orei a Deus e disse: Senhor eu não vou pedir para pregar pois em meu interior esse é um grande desafio, mas se é de Sua vontade, que alguém me faça o convite. Duas semanas após minha oração, recebi o convite e o aceitei, lembrando da oração que havia feito. Me coloquei em Suas mãos sabendo que Ele cuidaria de mim. ”, contou.

Ministério da Mulher do distrito de Cidade Beira Mar, finalizando a Semana de Evangelismo

Caliandra Garcia, membro da Igreja Adventista em Cidade Beira Mar, em Rio das Ostras, na Região dos Lagos do Rio, teve uma experiência semelhante. Para ela, que assumiu a direção do Ministério da Mulher em sua comunidade pela primeira vez, a Semana de Evangelismo foi um marco em sua vida espiritual.

“Essa semana foi incrível! Nunca pensei na possibilidade de estar à frente desse ministério, nunca me envolvi diretamente, mas esse ano fui chamada por Deus e não pude dizer não. Através desse sim ao chamado de Deus, Ele tem mudado a minha vida. Essa semana foi o ponto alto da minha vida. ”, revela Caliandra.

Há 3 anos Vera Lúcia retomou sua caminhada ao lado de Jesus, após 25 anos de afastamento do convívio da igreja. Esse ano, ela assumiu a direção do Ministério da Mulher em sua congregação. Foi a primeira vez que Vera fez um sermão em público. “Fiquei muito ansiosa e com um pouquinho de medo, mas temos um Deus Maravilhoso e conduziu tudo da melhor forma possível. Sou grata a Deus pois a minha comunhão com o Senhor está sendo grande. Estou simplesmente maravilhada com esse Ministério. Deus é Bom a todo momento”, conta.

Em Tamoios, bairro localizado em Cabo Frio, na Região dos Lagos do Rio de Janeiro, as evangelistas voluntárias alugaram uma pequena loja e realizaram ações sociais durante a o dia e estudos bíblicos à noite, chegando a atrair mais de 40 visitantes.

Além do evangelismo, as congregações aproveitaram a oportunidade para realizar cerimônias de investidura do Ministério da Mulher, em que, após cumprirem alguns requisitos, recebem um lenço especial, simbolizando o manto do Espírito Santo, que é preso por um arganel dourado, que representa a aliança com Cristo.

O pastor Geovane Souza, presidente da ARF, e a cantora Melissa Barcelos no encerramento da Semana de Evangelismo do Ministério da Mulher em Araruama, na Região dos Lagos, que terminou com uma bela cerimônia batismal

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox