Notícias Adventistas

Mulher é batizada após contato da filha com Clube de Aventureiros

Maria das Graças era praticante de outra religião e conheceu melhor a Igreja Adventista após conferência bíblica de quinze dias

Por Ayanne Karoline 13 de fevereiro de 2019

Maria das Graças foi batizada no início de fevereiro

Todos os dias, rigorosamente, a aposentada Maria das Graças saía de sua casa para se dedicar à sua religião. Num local específico, participava das atividades como uma das líderes. Por alguns anos essa foi sua rotina, até que sua filha de oito anos foi convidada por um coleguinha a entrar no Clube de Aventureiros. Foi nesse momento, que aconteceu seu primeiro contato com a Igreja Adventista.

Ela confessa que não ia em todos os cultos, mas visitava a igreja aos sábados pela manhã, esporadicamente. O tempo foi passando e algo começou a incomodar seu coração. “ Não me sentia bem indo à igreja de manhã e na outra religião à tarde. Estava vivendo um conflito”, contou Maria das Graças.

Com muitas dúvidas, a aposentada pediu a Deus um sinal e uma direção para um lugar correto, onde ela se sentisse bem. “ Se você está aqui hoje, um dia teve um chamado de Deus”. Essa foi a frase que o obreiro Gilberto Lima falou em uma pregação na Igreja Adventista de Cidade Continental e que tocou o coração de uma pessoa no público: Maria das Graças.

Era o sinal de Deus! Maria das Graças aproveitou um recesso nas atividades de sua então religião, para participar de uma conferência bíblica de 15 dias. O resultado foi um batismo triplo, no início de fevereiro. Foram batizadas a aposentada, sua filha e sua neta. “ Eu quero ser salva e quero ver meus filhos salvos. Eu acredito que aqui é o lugar onde vamos encontrar a salvação. Estou muito feliz”, destacou.

Assista ao testemunho de Maria das Graças

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox