Notícias Adventistas

Evangelismo

Ministério Carcerário promove encontro com líderes em Brasília e Entorno

Evento levantou uma nova função: a de líder distrital do MCA


  • Compartilhar:

Na tarde do último domingo, 06, representantes do Ministério Carcerário (MCA), um projeto que atende mais de 12 presídios do DF e Entorno, e cerca de 16 mil presos e familiares, participaram de um encontro intitulado “Eu vou Libertar”. Com essa temática, a missão de levar a mensagem de esperança aos detentos e familiares será intensificada durante 2022.

Na ocasião, foi apresentada uma nova função, a de líder distrital. No Planalto Central, a Igreja Adventista possui mais de 300 templos que são subdividos por distritos. A ideia é levantar um líder para cada distrito do território.

De acordo com o pastor Jeconias Neto, diretor do ministério, a função do líder distrital será conectar a família do preso a cada igreja local.

No encontro também foi promovido um manual preparado exclusivamente para nortear as ações que eles terão que desenvolver. "Foi um evento de inspiração e de muito treinamento prático sobre como cumprir a missão e dar suporte aos encarcerados e suas famílias”, explica Jeconias.

O grupo conta com cerca de 200 capelães que atuam nessas unidades e visitam os parentes dos detentos e seus familiares. São pastores, capelães, advogados, psicólogos, entre outros profissionais. Cada um auxilia de forma específica. Durante as visitas, eles conversam e utilizam histórias da Bíblia para proporcionar momentos de reflexão e mudança na vida dos detentos, conta a igreja em seu site. "É de extrema importância que o MCA tenha pessoas capacitadas e conscientizadas sobre a família do preso e sua realidade, e sobre o que a igreja pode fazer em prol dessas pessoas. Essa é a obra de Cristo. Ele mesmo se identificou com o preso e disse: ‘Estive na prisão e foste me ver’", conclui Jeconias.