Notícias Adventistas

Evangelismo

Mais de um milhão de sul-mato-grossenses recebem o livro Em Busca de Esperança

Ações sociais e mobilização pela saúde marcaram a entrega do livro missionário no Estado


  • Share:

Campo Grande, MS ... [ASN] “Se cada um ler um trecho todo dia sei que vai ajudar a melhorar a vida das pessoas”, é o que acredita o ajudante de operações, Wagner Batista.

Pedestre recebe livro missionário de desbravadora na manhã de hoje (27) em Campo Grande (MS).

Wagner recebeu um exemplar do livro Em Busca de Esperança quando apreciava o sábado em frente à sua casa, no bairro Santa Luzia, região norte de Campo Grande. No bairro em que ele mora há mais de dez anos, a sede administrativa da igreja adventista no Mato Grosso do Sul distribuiu mais de 2 mil livros através do projeto que envolveu os 50 funcionários da instituição. “Esse ano decidimos adotar uma igreja e colocar na prática a vivência do Pequeno Grupo. Para isso, adotamos a igreja do Santa Luzia, para ajudá-los não só na questão missionária, mas também na construção do templo deles”, conta o secretário e líder de Missão Global na sede, pastor Evaldo Oliveira.

Desbravadores entregam livros a campo-grandenses na região central da cidade.

De acordo com Oliveira, cada funcionário da sede vai direcionar um valor mensal para a construção dessa igreja. “O grupo de adventistas desse bairro se reúne há quase 30 anos em um pequeno espaço alugado e, para eles, esse projeto em parceria conosco é a realização de um sonho antigo. Por isso, direcionamos o nosso impacto para ajudar no evangelismo dessa região que logo ganhará a primeira igreja adventista”, pontua.

De porta em porta ou pelas ruas do bairro os livros, pouco a pouco, iam ganhando novos donos, novos lares, novos corações. É o caso da jovem Andressa da Costa, que se surpreendeu com o presente recebido. “Foi um gesto muito carinhoso porque tem muita gente da igreja que não oferece nada para quem está fora e essas pessoas vieram aqui em casa, bateram palma e nos abordaram só para nos entregar um livro de presente. Eu fico grata por essa atitude, pois eles demonstraram amor”, emociona-se.

Dados

Em todo o Mato Grosso do Sul mais de 250 mil livros missionários foram distribuídos, é o que conta o líder de Publicações para o campo, pastor Fabiano Oliveira. “Em Nova Andradina a igreja entregou livros para os policiais da cidade e para o prefeito José Gilberto Garcia. Em Dourados, a mobilização mais forte aconteceu em parceria com os alunos da Educação Adventista com a distribuição dos exemplares nas agências bancárias. Em Campo Grande, mais de 20 mil livros foram entregues à população só na região central da cidade durante ação do Impacto Esperança realizada pela igreja Central. No último ano 230 mil livros chegaram à população e esse ano aumentamos a quantidade para alcançar mais pessoas com a mensagem de esperança”, comenta.

Além da entrega dos livros missionários, a manhã dos voluntários de dedicação à sociedade ao oferecerem orações e dedicarem tempo a ouvi-las.

Na praça Ary Coelho – mais antiga e importante praça da capital – em parceria com a ação da Igreja Adventista Central de Campo Grande, o Hospital Adventista do Pênfigo (HAP) e o Centro de Vida Saudável (CVS) organizaram um feira de saúde com profissionais da área e funcionários durante a entrega de livros. “Só as nossas instituições trouxeram mais de 3 mil livros para a manhã de hoje”, conta Pierre Damasio, diretor administrativo do HAP.

Além de livros, a população recebia o carinho de voluntários através de abraços, orações e tinha à disposição um circuito de saúde para percorrer. “Nunca recebi um livro de ninguém. Essa é a primeira vez e achei uma atitude muito legal, ainda mais sendo um livro que fala sobre esperança e o amor de Deus”, conta agradecido o auxiliar de máquinas Vagner da Silva.

Educação Adventista no Impacto Esperança

E a união dos dois maiores colégios adventistas do Estado, o CAC (Colégio Adventista Campo-Grandense) e o CAJE (Colégio Adventista Jardim dos Estados), levou esperança até à pequena cidade de Ribas do Rio

Alunas da Educação Adventista durante Impacto Esperança e ações soais em Ribas do Rio Pardo (MS).

Pardo – localizada a 90 quilômetros da capital. “Nossos alunos estão hoje em uma missão especial de visitar os lares, entregar os livros e trazer esperança a essa comunidade. Nós trabalhamos com a formação social do aluno e mostramos na prática a importância de amar o semelhante. Acreditamos, como educadores, que é nesse período de formação de caráter que desenvolver o senso de amor ao próximo é fundamental, por isso a ideia de trazê-los até aqui durante o Impacto”, explica Cinara Ciseski, líder da Educação Adventista no Mato Grosso do Sul.

Segundo a organização do projeto que levou a Educação até o pequeno município, além de 5.300 livros missionários, os alunos levaram meia tonelada de alimentos e ainda 4 mil peças de roupas para doar à população carente da cidade.

A estimativa, segundo o líder de Publicações do campo, é que, em todo o Estado, um milhão de sul-mato-grossenses tenham recebido o livro missionário em 2017. Para se chegar à essa informação, o departamento realiza uma pesquisa de campo através do número de residências no estado contando com quatro pessoas aproximadamente por família, por isso, o resultado atinge - e até ultrapassa - o número de 1 milhão de pessoas entrando em contato com o exemplar do livro. [Equipe ASN, Rebeca Silvestrin. Fotos: Alex Doreto/Cinara Ciseski/Reprodução]