Notícias Adventistas

Mais de 600 mil livros e revistas impactaram a região sul do RJ

As ações contaram com a participação dos mais novos e mais experientes em toda a região sul do Rio.

30 de maio de 2018

Por Fabiana Lopes

Maria, ao centro, fazendo seu primeiro sinal em LIBRAS: Jesus.

Era a tarde de sábado quando Maria Jorge de Lima passava pela Praça Rui Barbosa, em Nova Iguaçu. Ela via a movimentação mas não ouvia nenhum tipo de ruído. Chegando mais perto, ela tentou descobrir o que estava acontecendo. Foi quando os voluntários da ação social que acontecia no local perceberam que Maria é surda e naquele dia, ela faria uma grande descoberta.

A ação programada para acontecer em Nova Iguaçu teve a presença de dezenas de voluntários que montaram tendas para Desbravadores com apresentação de ordem unida, simulação de acampamento, prática de nós e amarras; aferição de glicose e pressão; além de uma tenda do Ministério dos Surdos Adventistas – MAS, com distribuição de materiais em LIBRAS e oficina básica de Curso da Língua dos Sinais.

Maria foi encaminhada pelos voluntários para a tenda do Ministério dos Surdos Adventistas. Eliane Paixão, que coordena este ministério no sul do Rio e ajuda nas aulas oferecidas na Igreja Adventista de Nova Iguaçu fez o contato com Maria. “Com alguma dificuldade, ela contou um pouco da sua história e vimos a felicidade no seu rosto quando oferecemos uma visita e dissemos que ela poderia aprender a se comunicar através da língua de sinais. Ensinamos a ela sua primeira palavra em LIBRAS: Jesus”, destaca Eliane Maria Paixão, que também auxilia no curso de LIBRAS na Igreja Adventista de Nova Iguaçu.

Leia também: Novas turmas são formadas para multiplicadores da língua dos sinais no Rio

O Projeto

O projeto Impacto Esperança já acontece há 11 anos em toda a América do Sul. Apenas na região sul do estado do Rio de Janeiro, já foram distribuídos mais de 4 milhões de exemplares de livros desde 2007, primeiro ano do projeto. Neste ano, os cariocas da região sul foram impactados com mais de 470 mil livros e 185 mil revistas infantis, mais de meio milhão de exemplares.

As causas mais comuns para a ansiedade, a depressão e o estresse são abordadas pelo livro O Poder da Esperança, escrito pelo psiquiatra Julián Melgosa e pelo jornalista e teólogo Michelson Borges. A obra tem 96 páginas e também traz dicas para prevenir e superar estas situações.

Com o objetivo de orientar a população sobre este assunto, mais de um milhão de exemplares foram distribuídos gratuitamente em todo o estado do Rio de Janeiro, entre sábado (26) e domingo (27).

No site oficial do Impacto Esperança é possível ter acesso à versão digital do livro e da revista infantil: http://www.adventistas.org/pt/evangelismo/projeto/impacto-esperanca/

Ações na região sul do RJ

Usando da criatividade, membros da Igreja Adventista do Sétimo Dia em Guadalupe montaram um Caixa Eletrônico Esperança 24 Horas que foi montado numa praça perto da Igreja. Cada pessoa recebia um cartão e fazia o ‘saque’ do exemplar do livro O Poder da Esperança, que era distribuído gratuitamente e chamava atenção dos transeuntes.

Em Paty do Alferes a sede da Igreja Adventista da região sul organizou uma Feira Vida e Saúde e ali tiveram cerca de 70 atendimentos gratuitos para o público em geral. O objetivo desta Feira é incentivar a população a incluir na rotina oito hábitos simples, também chamados de remédios naturais. São eles: alimentação saudável; ingestão regular de água; ar puro; exposição moderada à luz solar; prática de exercício físico; repouso; equilíbrio no trabalho, no lazer e nas relações pessoais e confiança em Deus.

Depois de conhecer cada um dos remédios naturais, os participantes responderam ao Questionário de Hábitos de Saúde para descobrir a idade biológica e, desse modo, saber se o corpo é mais jovem ou mais velho do que aponta a idade cronológica. Além disso, os participantes puderam aferir a pressão arterial, realizar teste glicêmico, medir a capacidade respiratória, receber sessão de massagem, entre outros serviços.

A pequena Giovana gostou de entregar livros e revistas.

Em Andrade Araújo os clubes de Aventureiros, Desbravadores e todos os membros da Igreja local fizeram um programa com o Ministério Viver o Louvor e ali foram distribuídos livros e revistas, acompanhados de bolo e suco. Os poucos ônibus que circulavam no local foram invadidos pela pequena Giovana do Nascimento, que junto a outras pessoas, distribuiu livros, revistas e os quitutes dentro do ônibus. “Eu gostei muito de participar, fiquei feliz”, descreveu Giovana do Nascimento, a aventureira de 9 anos. “Adorei, não é sempre que temos esta oportunidade”, disse Rosangela de Oliveira, passageira.

Os Desbravadores do Clube Sacerdotes do Rei, de Andrade Araújo, também distribuíram na noite de sexta (25) sopa, amendoim, pães e livros para os caminhoneiros que estavam participando na paralisação em Seropédica.

No bairro de Santa Marta, município de Belford Roxo, a ação aconteceu na praça perto da Igreja Adventista local e ali foram oferecidos serviços de: corte de cabelo, aplicação de flúor, aferição de pressão e glicose, doação de roupas e sapatos e café da manhã. A entrega de livros foi feita nos pontos mais movimentados, na praça, mercado e ponto de ônibus. Motoristas e cobradores ganharam exemplares do livro e água.

Na Igreja Adventista de Venda Velha, em Jardim Metrópole, a juventude organizou a Feira Vida e Saúde e ali foi oferecido aplicação de flúor, teste de acuidade visual, e o convite para os cursos: Como deixar de fumar e Culinária Saudável. Os cursos serão no mês de junho, na própria igreja: Rua João de Deus Menezes, lote 13 quadra 1.

Impacto no bairro afetado pelas chuvas de fevereiro

Novo Maravilha foi um dos bairros mais afetados pelas chuvas que assolaram o estado no início deste ano. Ali já existe uma Igreja Adventista, localizada na Rua Letícia, lote 1 quadra 193. Funcionários e pastores da sede administrativa da Igreja na região sul do RJ fizeram a distribuição de livros e revistas para moradores desta localidade.

“Durante a enchente, membros da igreja e voluntários fizeram ali um trabalho em parceria com a Agência Adventista de Desenvolvimento e Recursos Assistenciais – ADRA e distribuíram água, alimentos, itens de higiene pessoal e produtos de limpeza. Neste momento, levamos aos moradores palavras de esperança sobre depressão, estresse e ansiedade. No próximo sábado a igreja fará uma pesquisa entre os moradores para a participação deles num grande evangelismo que será feito ali em setembro”, descreve o pastor Alex da Fonseca, líder de Publicações da Igreja Adventista na região sul do estado.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox