Notícias Adventistas

Líderes são capacitados na Escola de Esperança

Classe bíblica é a oportunidade de reunir um grupo de interessados que pode ser formado por juvenis, adolescentes, jovens e adultos

Por Samuel Nunes

Aproximadamente 250 pessoas envolvidas nas áreas de Escola Sabatina, Ministério Pessoal, Pequenos Grupos, diretores e professores de Escola Sabatina e diretores da ASA- Ação Solidária Adventista se reuniram no sábado, 16,  em Montes Claros, para aperfeiçoar os métodos de ensino e abordagem de estudo da Bíblia através de um projeto chamado Escola de Esperança.

Pastor Reones Nunes, líder do Ministério Pessoal, Evangelismo e Escola Sabatina para as regiões Norte e Noroeste de MG, explica que o treinamento foi a oportunidade também para promover o Projeto Maná, juntamente com os líderes de Pequenos Grupos.

Pastor Reones Nunes: Capacitação é essencial para motivar ainda mais a liderança

“Esta capacitação visou também o incentivo para as pessoas na formação de novos líderes”, sintetizou Nunes.

Umas das palestras sobre classe bíblica, chamou a atenção de Cristiane Alves que atua no Ministério Pessoal da igreja adventista no bairro Renascença. Atuando há dois anos nesta área, ela afirma que foi mostrado na prática, como este instrumento de evangelização funciona.

Cristiane ressalta também, a importância de toda igreja se envolver neste projeto.

Agência

Pastor Manoel Guimarães ministrou a palestra sobre classe bíblica, durante sua exposição mostrou de forma didática os passos para criar uma classe. Ele que pastoreia o distrito do bairro Santa Rita, em Montes Claros, afirma com entusiasmo que a classe bíblica “é a oportunidade de reunir um grupo de interessados que pode ser formado por juvenis, adolescentes, jovens, visitantes da Escola Sabatina e interessados da igreja aos domingos à noite ou sábados à tarde”.

Uma classe bíblica pode atender também pessoas assistidas pela ADRA, Desbravadores, pais e alunos da Escola Adventista. Entendo que a liderança precisa dar à classe bíblica dignidade e importância, pois é a agência da Igreja Adventista que prepara as pessoas para o batismo.

Manoel sugere que cada igreja tenha uma classe bíblica permanente, segundo ele em qualquer momento um interessado pode ingressar na classe e assim resultados podem surgir.

Quarteto Cades de Vitória da Conquista apresentou vasto repertório musical

“Na classe bíblica o aluno precisa sentir que é uma bênção tornar-se cristão. Mantenha uma classe bíblica permanente em sua igreja. Se os temas forem bem apresentados e de forma ordenada e lógica em uma classe bíblica, o aluno vai perceber a beleza da doutrina estudada e terá interesse de permanecer até o final dos estudos”, garante pastor Manoel.

 

(Fotos: Samuel Nunes)

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox