Notícias Adventistas

Jovens dedicam um ano de sua vida à missão

Em 2018 cerca de 60 pessoas estudaram a bíblia através dos jovens do Um ano em Missão.

Por Emilly Martins 26 de fevereiro de 2019

Região centro sul do Espírito Santo vai receber 14 missionários, vindos de três estados. Alguns deixaram até o emprego para se dedicar ao projeto

O projeto Um Ano em Missão (em inglês One Year in Mission – OYiM) tem como objetivo preparar jovens para evangelizar em diferentes lugares do país e do mundo. O centro sul do Espírito Santo receberá 14 participantes do projeto para serem missionários nesta região. Alguns são do Espírito Santo, mas a maioria vem de outros estados como Minas Gerais, Rio de Janeiro e Ceará.

A ideia é que eles trabalhem em parceria com algumas igrejas da região. Neste ano, os jovens estarão ajudando as igrejas da cidade de Vila Velha. São elas: Central Praia da Costa, Central de Vila Velha, Itapuã, Ilha dos Aires e o Espaço Novo Tempo.

Uma das participantes é Carolina Reis da cidade de Presidente Kennedy, no sul do Espírito Santo. Ela tem 25 anos, é formada em psicologia e estava desempregada. Carolina comenta que chegou a ficar chateada com Deus, pois não conseguia nenhum emprego. “No mês de julho do ano passado, Deus me despertou através da Missão Calebe e foi onde eu percebi que eu podia usar meu desemprego para algo bom. Decidi que iria usar meu tempo para Cristo e quem sabe ajudar alguém através da minha profissão também” afirma Carolina que hoje está participando do OYIM. Por mais que ela seja do estado do Espírito Santo, Carolina diz que tudo está sendo muito diferente. “Eu moro muito longe de Vila Velha e não conheço a cidade, então está sendo tudo muito novo para mim”, diz Carolina.

Treinamento

Os jovens participaram de um treinamento em Belo Horizonte, Minas Gerais, onde aprenderam sobre a história e identidade da Igreja Adventista do Sétimo Dia, missão, doutrinas, como estudar a Bíblia com pessoas e muito mais. Para Carolina, o treinamento foi proveitoso. “Até agora estou amando fazer parte do OYIM. O treinamento  foi muito enriquecedor para minha vida pessoal e o mais importante foi aprender sobre os métodos de Jesus e como ele agia com as pessoas”, conclui.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox