Notícias Adventistas

Igreja lança Impacto Esperança no centro-norte do ES

Devido à pandemia, o projeto que costuma ocorrer no mês de maio foi excepcionalmente transferido para o dia 31 de outubro

Por Leonardo Saimon 9 de outubro de 2020

Livros são consagrados para a distribuição na última quinta-feira (8) (Foto: Leonardo Saimon)

O Impacto Esperança, tradicional projeto missionário da Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) para toda a América do Sul, foi oficialmente lançado no centro-norte do Espírito Santo. A expectativa é que neste ano 300 mil literaturas sejam entregues pelos adventistas nestas regiões. A programação que deu início a este movimento ocorreu nesta quinta-feira (8) durante o concílio de pastores, na Igreja Adventista Central de Vitória.

Devido à pandemia, o projeto que costuma ocorrer no mês de maio foi excepcionalmente transferido para o dia 31 de outubro. Nesta data, igrejas devem usar a criatividade para realizar a distribuição dos exemplares respeitando as normas e cuidados de higienização.

Assista ao vídeo oficial deste ano: 

Moisés Vasconcelos, líder de Publicações, departamento responsável pelo projeto, acredita que os adventistas capixabas aguardam com expectativa por este momento.

“A igreja se enxerga como igreja quando ela sai, unida, para cumprir a missão. A missão é o que inflama o nosso coração para viver o discipulado de Cristo”, explica.

Neste ano, os adventistas entregarão o livro A Maior Esperança. A mensagem contida nele tem como intuito ajudar o leitor a entender que o medo, a insegurança e a dúvida podem dar lugar à certeza de que a verdadeira paz se aproxima. O exemplar foi escrito pelos pastores Luís Gonçalves e Diogo Cavalcanti e saliente que Deus está no comando da história humana.

  • Baixe o livro gratuitamente clicando aqui

O presidente da IASD para o centro-norte capixaba pastor Luís Mário de Souza lembra que cada igreja vive uma realidade diferente em relação à pandemia. E que isso precisa ser levado em consideração ao organizar a distribuição do material. Ele também sinaliza para que os líderes locais respeitem a segurança dos membros e usem da criatividade na hora de entregar os livros. Sempre dentro dos protocolos de higienização adotados por órgãos oficiais.

“Todos nós, como igreja, estamos sendo desafiados a fazermos o que nós podemos para o Impacto acontecer. Temos cerca de 300 mil exemplares, entre revistas e livros, que serão entregues para levar esperança a quem não tem”, ressalta.

Souza faz menção ao conteúdo do livro ao ponderar sobre o momento em que se vive o mundo. O presidente destaca que a mensagem é oportuna ao contexto de pandemia.

Camisa oficial do projeto que ocorrerá no dia 31 de outubro (Foto: Leonardo Saimon)

“O livro A Maior Esperança tem uma mensagem contextualizada para o momento em que vivemos. O exemplar chega num momento de pandemia quando foi escrito antes da pandemia. Seguramente, aqueles que lerem o livro serão abençoados por esta mensagem”, complementa.

Sob os livros, pastores, departamentais e administradores oraram e entregaram o projeto aos cuidados de Deus. Na ocasião, também foi apresentada a camisa oficial do projeto deste ano. Em 2020, o projeto Impacto Esperança completa 13 anos com milhões de exemplares entregues em toda a América do Sul.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox