Notícias Adventistas

Igreja define ênfase para 2022: ajudar pessoas a encontrar esperança na Bíblia

Por Heron Santana 23 de agosto de 2021

Concílio vai elaborar o plano de trabalho da Igreja para Bahia e Sergipe, em 2022. (Crédito: Thiago Fernandes)

É uma certeza em tempos incertos: no próximo ano, a Igreja Adventista do Sétimo Dia dará ênfase na missão de levar, por meio da Bíblia, esperança para as pessoas, em meio às dores, ansiedade e perdas provocadas pela pandemia. É o entendimento que surgiu da abertura do Concílio de Administradores e Líderes de Ministérios (Departamentais) da União Leste Brasileira, sede da Igreja para Bahia e Sergipe. Os administradores se reuniram para o concílio pela primeira vez, em formato híbrido, desde a declaração da pandemia de Covid-19.

O evento, iniciado no domingo, 22 de agosto, vai estabelecer o planejamento eclesiástico para 2022 e votar documentos e projetos importantes para os adventistas desses dois estados nordestinos. O foco missionário começou a ser sinalizado na abertura, quando os administradores apresentaram bandeiras que apontam prioridades para esta região: o projeto Eu Vou, que motiva para o envolvimento individual de cada adventista na missão; a integração das unidades de ação da Escola Sabatina com os pequenos grupos, constituindo as chamadas Bases Life; e o projeto Todos Pela Palavra, programa que pretende levar cada adventista a estudar, viver e ensinar a Palavra de Deus.

Pastor André Dantas: Luz aponta para presença de Deus e o momento é crucial para a Igreja iluminar o mundo. (Crédito: Thiago Dantas)

Na primeira mensagem devocional do concílio, o pastor André Dantas, presidente da Igreja Adventista para Bahia e Sergipe, deu o tom deste propósito. Ao pregar sobre Gênesis 1:3, refletiu sobre a origem da luz e o modo como o relato da Criação sinaliza a luz como resultado da presença de Deus, antes mesmo do surgimento da terra, do sol e da lua. “Deus é luz e nós precisamos refleti-la”, declarou o pastor Dantas. Ao apresentar líderes de ministérios, o pastor Dantas reforçou a importância dos serviços diversos da Igreja para alcançar pessoas e ajudá-las a encontrar sentido e significado na vida, com a ajuda da Bíblia.

Novos discípulos

Batizada com toda a família, a estudante de Engenharia Jaine Araújo Silva manifestou desejo de evangelizar amigos e colegas da universidade. (Crédito: Thiago Fernandes)

E o exemplo mais claro deste compromisso aconteceu durante o batismo da família do pescador Josafá da Silva, morador da comunidade Escurial, em Nossa Senhora de Lourdes, município de Sergipe a 135 km da capital, Aracaju. Seis anos atrás, Josafá conheceu a TV Novo Tempo, e durante esse tempo o canal da esperança foi a igreja para a sua família. Através do serviço “Encontre Uma Igreja”, a filha de Josafá, Jaine de Araújo Silva, 19 anos, escreveu para o pastor de sua comunidade e começou a frequentar e a fazer parte dos cultos.  E na abertura do concílio, a família foi batizada – o casal, três filhas e um filho.

“A mensagem precisa iluminar o mundo”, disse o pastor André Dantas, enquanto acendia uma vela em uma árvore improvisada com várias delas, representando a luz que vem das Escrituras Sagradas. O chamado pareceu claro para Jaine Silva. Estudante do 2º ano de Engenharia na Universidade Federal de Alagoas, ela disse, logo após ser batizada: “agora, no ambiente acadêmico, eu quero evangelizar, quero levar esta esperança para as pessoas”. É uma declaração que reconhece um propósito: oferecer às pessoas a mesma esperança que mudou a vida de sua família.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox