Notícias Adventistas

Evangelismo

Igreja adventista no centro do RS realiza terceira edição do programa plante

O projeto plante trabalha com uma timeline que orienta pastores sobre como plantar uma igreja em cidades ou bairros sem presença adventista.


  • Compartilhar:

Cada ano, a sede administrativa da igreja adventista no centro do Rio Grande do Sul tem se preocupado em abrir novas igrejas em locais que não possuem presença adventista. Por isso a sede administrativa realiza um programa para incentivar, apoiar, equipar e motivar o estabelecimento de novas igrejas, este é o Plante. E desde ontem, dia 9 de maio, um grupo de pastores de algumas igrejas desta região participam de um encontro com esta ênfase.

O plante promove um crescimento em todas as áreas: há crescimento missionário, crescimento de discipulado, crescimento de congregações e avanço da mensagem adventista no campo. A metáfora do plantio de uma árvore representa o plantio de uma igreja. Precisa se analisar uma porção de fatores e trabalhar com cuidado prévio, durante o processo e depois também.

Na atualidade, quando a igreja adventista decide plantar uma nova igreja, são feitos estudos demográficos através de ferramentas especializadas e assim é possível identificar o melhor lugar para ter uma igreja nova e qual seria a melhor estratégia para alcançar esse local de forma certeira. Obviamente, esse processo é feito dentro de um contexto de oração, discipulado e evangelismo.

O Plante trabalha com uma timeline mostrando o passo a passo de como plantar uma nova igreja:

O presidente da igreja adventista desta região, pastor Marcos Júnior, secretário, pastor Rogério Gurniak, evangelista, pastor Marcelo Dadamo e o Ministerial, pastor João Lorini participaram deste evento com palestras e orientações sobre cada passo da timeline proposta.

Confira fotos da reunião que acontece nos dias 9 e 10 de maio.