Notícias Adventistas

Evangelismo

Fim de semana de Impacto Esperança no Amazonas e Roraima

Além do dia dedicado ao Impacto Esperança, onde centenas de pessoas foram as ruas nos estados de Amazonas e Roraima distribuindo livros com a mensagem “Além da Crise”, o fim de semana e o feriado também foi dedicado a levar esperança aos famílias que...


  • Share:

Além do dia dedicado ao Impacto Esperança, onde centenas de pessoas foram as ruas nos estados de Amazonas e Roraima distribuindo livros com a mensagem “Além da Crise”, o fim de semana e o feriado também foi dedicado a levar esperança aos famílias que visitaram os cemitérios dos estados.

Em Manaus os grupos se dividiram e distribuíram livros nos cemitérios, São João Batista no centro da cidade e no Parque Tarumã, zona Oeste, o maior da capital, que foi reaberto depois de dois anos fechados por conta da pandemia.

Já em Boa Vista, os jovens se dividiram entre os cemitérios de Nossa Senhora da Conceição e Parque Campo da Saudade. Jovens e desbravadores montaram tendas, distribuíram água, oraram com famílias que choravam a morte de seus entes queridos, durante o feriado do dia dos finados.

No dia em que se dedica a lembrança daqueles que descansam, a palavra de Deus nos renova com a mensagem de Apocalipse 21:4 “Ele enxugará de seus olhos toda lágrima; e não haverá mais morte, nem haverá mais pranto, nem lamento, nem dor; porque já as primeiras coisas são passadas.” Cremos que em breve quando Jesus voltar toda dor e sofrimento cessará e reencontraremos aqueles que amamos que hoje descansam no Senhor.

 

Ao todo foram distribuídos  485 mil livros e 150 mil revistas no Leste do Amazonas e todo estado de Roraima.

No município de Presidente Figueiredo, distante 125,5 km da capital Manaus, os funcionários do escritório da Associação Amazonas Roraima, se dividiram em equipes para percorrerem os bairros da cidade, conhecida como a terra das cachoeiras. Na comunidade Maroaga onde já existe uma igreja Adventista o asfalto ainda não chegou no local, mas isso não foi motivo para desanimar as equipes do Impacto Esperança 2021, que percorreram as ruas da comunidade distribuindo a mensagem de esperança.

A dona de casa Geidiane Silva, todos os anos recebe o livro e a filha de 11 anos quem lê e conta aos pais do que se trata a mensagem, ela destaca a importância do trabalho realizado pelos Adventistas do sétimo dia. “É muito bonito o trabalho que vocês realizam, sei que não é fácil e mesmo assim todos os anos vocês estão aqui de novo, que bom que vocês não desistem, muitas pessoas precisam de uma palavra de esperança. Minha filha ama esses livros, todo ano ela lê depois conta para mim e meu esposo do que falou o livro”, conta a mãe da menina.