Notícias Adventistas

Evangelista destaca como compartilhar a fé durante a pandemia

"O mundo digital oferece inúmeras possibilidades para as igrejas e ministérios criarem, desenvolverem e praticarem a missão de compartilhar a palavra de Deus."

Por Suellen Timm 20 de maio de 2020

Bastidores da live “O Mistério da Profecia” realizada pela Sede da Igreja Adventista para o oeste paulista.

Dos 34 anos como pastor adventista, Roberto Motta dedicou 31 anos ao trabalho como Evangelista. Seu vasto currículo inclui cerca de 180 séries de conferências (de 23 noites ou mais) e mais de 300 semanas de oração e de colheita no Brasil e exterior. Já atuou como líder de diversos departamentos incluindo o Evangelismo em quatro sedes administrativas da Igreja Adventista no estado de São Paulo (APL, AP, APV e APO).

Como Evangelista e diretor de Missão Global para a Sede da Igreja Adventista para o oeste do estado de São Paulo, o pastor Motta destaca em entrevista os desafios do evangelismo durante o período de distanciamento social por causa da Pandemia da Covid-19.

  1. Durante a Pandemia e o período de distanciamento social muitas atividades que eram realizadas presencialmente, passaram a ser temporariamente on-line. Quais são os planos para o evangelismo durante esse período?

Roberto Motta – “Iniciamos esse período com a Semana Santa apresentada pelo pastor e apresentador da TV Novo Tempo, Luis Gonçalves. Os pastores distritais estão dirigindo classes bíblicas duas vezes por semana cada um em sua região. Alguns, todas as quartas e domingos à noite, outros tem feito as transmissões às terças e quintas. Além disso, os pastores têm ministrado treinamentos on-line.

Pastor Motta em série de Evangelismo realizada há alguns anos em São José do Rio Preto. Foto: arquivo APO

Já o departamento de Evangelismo da Associação Paulista Oeste (APO) tem apresentado uma classe, juntamente com os administradores e departamentais da Sede, às sextas e sábados às 20h (para assistir, clique aqui). Ou seja, temos classes bíblicas ao vivo, pelo menos seis vezes por semana e em horários variados. Com todo esse empenho, já estamos planejando no final das classes bíblicas uma semana especial de colheita.”

 

  1. Quais são as suas expectativas para a série O Mistério da Profecia

R.M. – “O nosso objetivo era dar mais uma opção para os pastores e irmãos. Por isso escolhemos, em comum acordo com os distritais, as sextas e sábados à noite, para não conflitar com a programação local. Quando você faz uma transmissão on-line, pessoas de várias partes do mundo podem ser alcançadas. Nossa expectativa é que muitas dessas pessoas sinceras, ao estudarem as profecias bíblicas, tomem uma posição ao lado da Verdade! Podemos também fortalecer aqueles que já comungam a fé adventista. É comum, especialmente em momentos como esse, que os falsos profetas se multipliquem. Precisamos cuidar do rebanho apresentando um claro “assim diz o Senhor”.”

 

  1. Como um experiente evangelista de séries de Conferências Públicas, quais os principais desafios de realizar um evangelismo on-line?

R.M. – “Creio que a falta de contato visual com o auditório. Não poder ver a expressão facial, as reações, não interagir de forma pessoal. O diálogo, o trato, o contato com as pessoas antes e depois das palestras. Isso é insubstituível!

A falta de experiência que a maioria de nós temos em falar diante de uma câmera pode causar ruídos na comunicação. Muitas vezes transmitimos ao vivo séries de conferências que estão sendo realizadas em grandes auditórios, mas falar sozinho diante de uma câmera é bem diferente. Aqui na APO o pastor Laerte Lanza, apresentador experiente e departamental de Comunicação, deu algumas aulas com dicas importantes sobre esse assunto, mas leva algum tempo para aprendermos na prática.

Outro desafio é ter um bom equipamento e uma internet estável.”

 

  1. O que os internautas podem fazer para ter melhor aprendizado e envolvimento nos estudos da série O Mistério da Profecia?

R.M. – “Além de assistirem e compartilharem os estudos, é fundamental que tomem tempo revisando o material e estudando a Bíblia e os livros que temos sugerido ao longo da série. Entre eles: O Mistério da Profecia (autor: pastor Mark Finley), Nisto Cremos, Comentário Bíblico Adventista – Tratado de Teologia, Estudos Bíblicos, O Sábado na Bíblia (autor: Dr. Alberto Timm), Apocalipse 13 (autor: Marvin Moore), entre outros. Todos são livros publicados pela Casa Publicadora Brasileira (CPB), portanto, de fácil acesso.”

 

  1. Dê algumas sugestões para os membros continuarem a manter ativo o trabalho Evangelístico, mesmo seguindo as recomendações das autoridades de saúde durante esse período de Covid-19.
  • R.M. – “Devemos continuar nossa rotina de oração intercessora, ou seja, termos uma lista de pessoas que ainda não abraçaram o Evangelho de Jesus Cristo, ou estão afastadas do aprisco, pelas quais oramos diariamente.
  • Muitas igrejas estão realizando o drive thru solidário. Alguns irmãos ficam à porta da igreja para receberem doações de roupas, alimentos e produtos de higiene que são embalados e enviados a pessoas carentes da comunidade. Ao entregarmos essas cestas com mantimentos, deveríamos incluir nossa boa literatura, especialmente o livro missionário. Lembrando que algumas pessoas que bondosamente nos procuram para fazerem doações, não são membros de nossa Igreja. Essas também deveriam receber literatura e convites para nossas programações virtuais.
  • Evangelizar através da internet. O mundo digital oferece inúmeras possibilidades para as igrejas e ministérios criarem, desenvolverem e praticarem a missão de compartilhar a palavra de Deus. Com a Internet, não existem distâncias físicas, uma vez que é possível acessar informações de lugares totalmente distintos.
  • Não conheço nenhuma outra denominação que produza tanto material como a Igreja Adventista do Sétimo Dia. O simples ato de compartilharmos com os amigos uma página, um site ou um canal, já é uma forma de evangelizarmos. Podemos convidar todos os nossos amigos e seguidores para que acompanhem nossas programações on-line, na rádio ou na TV Novo Tempo. Além disso, há aplicativos com estudos bíblicos.
  • Para evangelizar através da internet com sucesso, é necessário o esforço conjunto de muitas pessoas. O evangelismo digital se torna, então, uma poderosa oportunidade para capacitar novas pessoas a se envolverem ativamente na missão da Igreja. Especialmente os jovens. As igrejas podem capacitar os membros para comunicação digital, criação e construção de uma cultura de conversas positivas, produção de conteúdo cristão, compartilhamento de histórias de fé e interação social, expandindo o alcance do evangelho.”

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox