Notícias Adventistas

Evangelismo

Evangelismo é feito em 42 pontos no Centro do RJ

De 20 a 26 de março, pastores e líderes de Evangelismo do Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo participam do Evangelismo Escola.


  • Compartilhar:
Pr. Julimar Gualberto durante apelo na Igreja Adventista Central Rio. Foto: dispositivo móvel

A abertura do Evangelismo Escola (EE) aconteceu na tarde do último domingo (20), na Igreja Adventista de Botafogo, com a presença de evangelistas, pastores ordenados e aspirantes, e obreiros bíblicos dos três estados que compõem a sede da Igreja Adventista na região sudeste do país (União Sudeste Brasileira - USeB): Rio de Janeiro, Minas Gerais e Espírito Santo.

Na cerimônia dirigida pelo pastor Julimar Gualberto, líder de Evangelismo e Missão Global da União Sudeste Brasileira (USeB), houve o momento especial com a entrega do roupão batismal e a Bíblia Andrews, usados simbolicamente na Missão Mineira Norte (AMN), local anterior da realização do Evangelismo Escola. O ato foi feito pelo pastor geral da AMN, Moisés Dias Júnior para os pastores Patrick Marlon, evangelista da Associação Rio de Janeiro e ao pastor Alexandre Lopes, tesoureiro na mesma sede administrativa da igreja adventista.

Como funciona o Evangelismo Escola

O Evangelismo Escola é um intensivo para pastores e obreiros bíblicos que realizam evangelismos de colheita nas igrejas. Ou seja, pela manhã, os participantes assistem aulas e palestras desde o planejamento do evento até o momento do apelo, com abordagem no contato com as novas gerações, além de técnicas evangelísticas que aproximam as pessoas de Deus.

Na parte da tarde, todos realizam visitas nas casas de pessoas interessadas em serem batizadas nos bairros onde o Evangelismo é realizado. À noite, os pastores realizam as pregações nos pontos previamente estabelecidos pela sede da Igreja. Na região Central do Rio, está acontecendo em quarenta igrejas, além do Hospital Adventista Silvestre e do Centro Médico de Botafogo. Desta forma, eles praticam imediatamente o que estão aprendendo nas palestras.

Késio Bezerra (blusa branca e máscara) com amigos de ministério de Minas Gerais nas aulas pela manhã. Foto: dispositivo móvel

“O Evangelismo Escola tem ajudado meu ministério na expansão da visão evangelística frente aos desafios para a pregação do evangelho às diferentes realidades. É preciso entender as novas gerações para se comunicar com elas e planejar o evangelismo, especialmente no envolvimento de pessoas. Tem sido uma benção para minha vida. Agradeço ao Senhor pela oportunidade de crescimento”, afirma Késio Bezerra, pastor em Laranja da Terra, na região sul do Espírito Santo.

Na região Central do Rio de Janeiro, é a segunda vez que acontece o projeto, a primeira vez aconteceu em 2015, com o pastor Marcelo Cássio. “O dia é cheio de atividades e o resultado tem sido fantástico. O novo formato envolve os pastores durante todo o dia e o resultado certamente se perpetuará também para os próximos meses”, destaca o pastor Patrick Marlon, evangelista da Associação Rio de Janeiro.

Três igrejas fechadas para cultos noturnos abrem durante o Evangelismo Escola

No período da pandemia, praticamente todas as igrejas no Rio de Janeiro e de outros estados precisaram ficar fechadas por algum período. Esta semana de evangelismo é um marco para igrejas que, até o momento, só tinham retomado os cultos aos sábados pela manhã.

De todas as igrejas na região central do Rio de Janeiro, três não estavam funcionando às quartas-feiras e domingos à noite: Cruz Vermelha, Tijuca e Vila Isabel, a não ser em semanas especiais. Por isso, nesta semana de Evangelismo, todas reabriram suas portas todos os dias e estão recebendo membros e amigos não adventistas.

“Já tivemos diversas pessoas aceitando o apelo para o batismo e até sábado, acreditamos que pelo menos cinco amigos serão batizados”, diz o pastor Fábio Lima, que veio de Minas Gerais e está pregando na Igreja Adventista de Vila Isabel.

Como surgiu o Evangelismo Escola?

O projeto foi idealizado em 2005 pelo pastor Acílio Alves, atualmente aposentado, e surgiu em São Paulo com o nome de Evangelismo Integrado de Colheita (EIC), na União Central Brasileira (UCB). Na União Sudeste Brasileira o pastor Raimundo Gonçalves realizou as primeiras edições deste projeto.

“O objetivo do Evangelismo Escola é formar pastores evangelistas. Todos os pastores têm a matéria de Evangelismo no curso teológico, bem como a prática no terceiro ano. Porém, devido às demandas do ministério, esse foco pode ser perdido e até esquecido. O Evangelismo Escola vem para dar ênfase à principal obra da igreja: ganhar almas.”, relembra o pastor Raimundo Gonçalves, líder de Evangelismo na União Central Brasileira.

Pastor Rafael Rossi está realizando o Evangelismo Escola na IASD de Botafogo, com a música de Paula Chacon. Foto: dispositivo móvel

Pastor Rafael Rossi é o líder de Evangelismo da Igreja Adventista para oito países da América do Sul (Divisão Sul-americana – DSA) e apresentador do programa Arena do Futuro, da TV Novo Tempo. Ele destaca que “o mundo tem mudado e as ferramentas que usamos para a comunicação também mudaram, por isso, nós que queremos pregar o evangelho precisamos conhecer bem as técnicas para aprimorar ainda mais a nossa colheita”. Ele finaliza mencionando que

“cada adventista deve ser um evangelista”.

Pr. Rafael Rossi | Evangelista da Divisão Sul-americana

Para assistir as mensagens com o pastor Rafael Rossi pelo YouTube, acesse Adventistas Botafogo.

Acompanhe alguns dos lugares onde o Evangelismo Escola acontece durante esta semana:


Comece agora mesmo um estudo bíblico por correspondência aqui.