Notícias Adventistas

Estudo Bíblico resulta em batismos de detentos no Maranhão

Há sete meses, detentos da CCPJ estão sendo evangelizados e já houve 12 batismos

7 de dezembro de 2016
Após estudar a Bíblia Claudio Roberto decidiu ser batizado

Após estudar a Bíblia, Claudio Roberto decidiu ser batizado

Imperatriz, MA… [ASN] O Centro de Custódia de Presos de Justiça de Imperatriz – CCPJ, atualmente está com 302 internos; nos últimos não tem sido registradas rebeliões e nem fugas  e isso graças ao trabalho de ressocialização que tem acontecido nessa unidade. Um terço dos internos participa de projetos sociais desenvolvidos por duas grandes empresas da cidade e também recebe assistência religiosa.

A presença dos adventistas na CCPJ é semanal. Liderado pelo pastor local Hugo Gallardo, uma equipe de quatro pessoas dá estudos bíblicos duas vezes por semana e o resultado tem sido perceptível e positivo, segundo Diogo Franco, chefe de segurança da CCPJ.

Na manhã desta quarta-feira, 07 de Dezembro, encerrou-se o segundo ciclo de estudos e como resultado dois detentos foram batizados; cerca de 60 deles já foram instruídos e no total, 12 desceram às águas batismais desde que teve início os estudos. Durante a confraternização, os internos receberam o certificado de conclusão do curso bíblico e o livro “O Grande Conflito”. de Ellen White.

Claudio Roberto Vieira foi um dos batizados e fala da alegria que sentiu: “Eu queria muito ser batizado porque encontrei Jesus. Minha vida está mudando e daqui pra frente vou ser diferente”, confessou.

O Enfermeiro Felipe da Silva Junior é um dos instrutores bíblicos, que semanalmente visita o presídio: “Minha maior motivação é ver a mudança de caráter nos internos, mudanças radicais até”, revelou.

O trabalho de ressocialização de cunho religioso prestado pela Igreja Adventista nessa unidade prisional e totalmente voluntário e começou há sete meses; conforme Franco, tem surtido muitos efeitos e é possível notar a diminuição da agressividade, da relutância e das rebeliões.

Além da CCPJ, aproximadamente 30 condenados que participam da Associação de Proteção e Assistência aos Condenados – APAC, também recebem estudos bíblicos semanalmente, num outro prédio, eles estão no primeiro módulo.

Leia também: Adventistas no Maranhão inauguram igreja dentro de presídio

No sul do Maranhão o Ministério da Prisão tem se solidificado e ganhando cada vez mais pessoas para o Reino do Céu. Em Carutapera também vem sendo desenvolvido esse trabalho e já houve 14 batismos, em Luís Domingues foram duas detentas, mas o grande destaque é para Bacabal, que em setembro inaugurou uma igreja Adventista anexa ao presídio. O trabalho lá é bem mais elaborado e quase cem detentos já firmaram seu compromisso com Deus por meio do batismo bíblico. [Equipe ASN, Simone Joe]

Veja em fotos como foi a celebração:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox