Notícias Adventistas

Evangelismo

Encontro de homens é realizado no sul do Paraná

Evento trabalhou temas como espiritualidade, sexualidade e importância da figura masculina dentro do lar.


  • Compartilhar:
Participantes eram de diversas idades e denominações religiosas (Imagem: Sérgio Almeida)

Comida, comunhão, palestras e esporte. Essas foram as atrações que aqueceram o Encontro de Homens que aconteceu no último final de semana em Mandirituba, região metropolitana de Curitiba. Apesar do clima gelado, o evento reuniu cerca de 80 pessoas que desafiaram o frio e acamparam em barracas.

A programação realizada pelo distrito do Tatuquara foi voltada com exclusividade para o público masculino. Até mesmo a equipe de cozinha, era composta apenas por homens. De acordo com o organizador do evento, pastor José Carlos Neto, dentre o grupo de participantes, cerca de 40 não eram adventistas. “Muitos nunca estiveram na igreja e nossa intenção era mostrar para eles que fazer parte de uma comunidade cristã não se resume somente aos cultos a Deus, também existe fortalecimento de amizades, criação de vínculos, apoio mútuo”, esclarece o pastor.

O programa abordou diversos assuntos, como por exemplo, a importância da figura masculina dentro do lar, tema apresentado pelo líder do Ministério da Família para a Divisão Sul-Americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia, pastor Alacy Barbosa. Questões relacionadas a sexualidade também fizeram parte da pauta de discussão do final de semana e foram apresentadas pelo palestrante, pastor Gerson Marques.

Conteúdos aprovados pelo participante Anderson Amorim. “Os temas apresentados foram voltados especificamente para as necessidades masculinas e são coisas que muitas vezes os homens têm dificuldade de conversar e nesse ambiente você consegue criar um clima propício para o diálogo e orientações, explica.

Grupo enfrentou o clima gelado do final de semana e acampou em barracas (Imagem: Sérgio Almeida)

Para o participante Maicon Faria, a experiência fortaleceu ainda mais a decisão que ele havia tomado de se batizar. “Foi minha primeira vez em um acampamento e foi único. Fui convidado pela pessoa que me dá estudos bíblicos”, conta o jovem. Ele relembra que estava passando por um momento difícil da vida quando começou a estudar a Bíblia com os adventistas e que o que ele mais deseja nesse momento é fazer parte do rol de membros da igreja que o acolheu.

Desejo que irá se realizar em breve, já que a data marcada para o reencontro do grupo, será no último final de semana de novembro, ocasião em que será realizado o batismo de Maicon. A escolha do dia não foi aleatória, já que o objetivo trabalhado no encontro visa unir forças do ministério dos homens com o evangelismo feminino que acontece nessa época do ano.

Segundo o pastor Neto, o grupo de adventistas que participou do encontro foi estimulado a dar estudos bíblicos para os amigos levados por eles ao evento e que ainda não fazem parte da fé adventista.  “Da mesma maneira que as mulheres têm um lenço amarelo, um emblema do Ministério da Mulher, os homens receberão uma gravata azul, para serem investidos”, relata o líder.