Notícias Adventistas

Cavalgada missionária leva esperança a comunidade rural em SC

Adventistas foram até Rio do Poncho, uma comunidade entre as montanhas de São Bonifácio (SC)

Por Daniel Gonçalves 30 de junho de 2020

Foram 17 cavaleiros subindo as montanhas em São Bonifácio SC) para levar uma palavra de esperança para a comunidade rural de Rio Poncho

Assento nos cavalos, estribo no dorso do animal…o que era um costume para os pioneiros da igreja adventista no Brasil no século 19 foi usado como método evangelístico neste fim de semana (27 e 28 de junho) em Santa Catarina. Um grupo de 17 cavaleiros adventistas saíram com montados em cavalos de Paulo Lopes (SC) e foram até zona rural de Rio do Poncho, em São Bonifácio (SC), para levarem esperança para aquela comunidade.

O grupo, que esteve com todos os itens de segurança para esse período de epidemia, levou cestas básicas, livros missionários e uma palavra de oração para a localidade. “As pessoas estão angustiadas devido ao isolamento social. Ao chegarmos a cavalo, isso chamou a atenção deles e contato missionário foi mais fácil. Foi um privilégio de viver uma centelha do que os pioneiros viveram ao evangelizar regiões de difícil acesso”, explica o pastor Joel Morais, do distrito de Jardim Atlântico (Florianópolis).

Foram dois dias de cavalada em direção a Rio do Poncho, uma comunidade retirada e localizada entre as montanhas de São Bonifácio. Ao todo, foram 40 quilômetros de estrada. “Fui muito bom esses dois dias. Buscamos levar a mensagem não apenas para a comunidade de Rio do Poncho, mas também para as pessoas que tivemos contato durante o trajeto. O dono dos cavalos que alugamos foi uma dessas pessoas”, acrescenta Junior Silva, adventista participante.

O objetivo é ter um contato mensal com as pessoas interessadas em Rio do Poncho, de acordo com a situação pandêmica. “Explicamos para aquelas pessoas que Jesus é um só e a palavra de Deus é o caminho”, conclui Junior.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox