Notícias Adventistas

Brasileiros usam antigo centro de entretenimento para evangelizar o Japão

Uma igreja fundada com as ofertas do décimo terceiro sábado prepara imigrantes para se aproximarem do povo japonês

Por Andrew McChesney, com informações de Carolyn Azo

Com 60 membros, adventistas trabalham para alcançar mais pessoas (Foto: Andrew McChesney / Adventist Mission)

Com 60 membros, adventistas trabalham para alcançar mais pessoas (Foto: Andrew McChesney / Adventist Mission)

Um antigo centro de entretenimento de karaokê no Japão se transformou em uma Igreja Adventista do Sétimo Dia por meio de uma oferta doada por fiéis de todo o mundo e está equipando imigrantes brasileiros para proclamar a breve volta de Jesus ao povo japonês.

A igreja de língua portuguesa, Centro Cristão Tokai, foi aberta em dezembro de 2017 em Kakegawa, uma cidade localizada em uma região central do Japão habitada por dezenas de brasileiros que trabalham para a montadora Toyota e suas subsidiárias.

Leia também:

Além de oferecer aos brasileiros e a outros um local para adorar, a igreja é um “centro de influência urbano” que espera fazer incursões em um país desafiador, onde apenas 0,7% da população é cristã.

“Primeiro, queremos alcançar os imigrantes brasileiros e, então, através deles, alcançar os japoneses”, reforça o pastor da igreja, Guenji Imayhuki, um missionário de São Paulo, Brasil, que trabalha há três anos em Kakegawa.

Ele esclarece que uma segunda geração de imigrantes brasileiros que falam japonês fluentemente está amadurecendo e, com o poder do Espírito Santo, poderia abrir templos em todo o país. “Temos muitos outros lugares potenciais para plantar igrejas”, sublinha.

Intercâmbio

Estima-se que 250 mil falantes de português vivam no Japão. Não está claro quantos deles são adventistas, mas o Centro Cristão Tokai tem 60 membros. Cerca de 15 mil adventistas vivem no Japão, que tem 127 milhões de habitantes.

A visão da igreja naquela localidade tem forte apoio de Masumi Shimada, presidente da União Japonesa da Igreja Adventista. Ele disse que os templos internacionais, como este, podem atrair o povo japonês de uma maneira que muitas as tradicionais não podem.

“Às vezes, é mais fácil para um estrangeiro se aproximar de um japonês com o evangelho do que para um japonês se aproximar de outro japonês”, explica.

As igrejas japonesas tendem a ser vistas pelos visitantes de primeira viagem como “muito sérias”, “escuras” e “pesadas”, enquanto as internacionais são vistas como descontraídas, calorosas e amigáveis, Shimada avalia.

Veja mais imagens na galeria a seguir:

Seu sonho é que um brasileiro de segunda geração que cresceu no Japão decida se tornar pastor e evangelizar o povo japonês.

Isso pode acontecer através da influência do Centro Cristão Tokai, uma estrutura de dois andares que já abrigou uma ampla galeria de videogame no térreo e várias salas para festas de karaokê no segundo andar. Uma oferta de Décimo Terceiro Sábado de 2015 ajudou a comprar e reformar o edifício. Antes de se mudar para o prédio, a congregação se reuniu em um salão alugado por 15 anos.

Métodos para se aproximar da comunidade

Ted N.C. Wilson, presidente mundial da Igreja Adventista, visitou o Centro para incentivar os membros durante o encerramento de uma série evangelística de três semanas em 20 de maio. A igreja está entre os 161 locais que realizam reuniões evangelísticas em todo o país de março a junho de 2018, intitulada “Todo Japão Maranata 2018”.

Wilson visitou as instalações e uma horta adjacente que os membros da igreja estão usando para alcançar a comunidade. O pastor falou sobre os planos para também abrir uma escola de idiomas, uma academia e um clube de ciclismo.

“Este centro está planejando fazer várias coisas interessantes para tentar trazer as pessoas para este relacionamento precioso com Jesus, até mesmo jardinagem e produção de rabanetes”, explica Wilson, segurando um rabanete vermelho recém-colhido, em um vídeo postado em sua página do Facebook (veja abaixo, em inglês). “Deus usa tudo para tocar os corações dos idosos e dos jovens”.

Alcance da mensagem

As reuniões no Centro Cristão Tokai foram dirigidas pelo pastor Luís Gonçalves, evangelista da Igreja Adventista para oito países da América do Sul. De acordo com ele, uma japonesa conheceu a Deus por meio dos DVDs A Última Esperança e A Verdade, e da TV Novo Tempo. Outra mulher, dentre as que compareceram ao encontro, estava ali por influência do livro A Grande Esperança.

Pastor Luís Gonçalves durante sermão apresentado no Centro Cristão Tokai

Pastor Luís Gonçalves durante sermão apresentado no Centro Cristão Tokai

“O Japão é um grande desafio, mas estamos confiantes de que Deus está trabalhando no coração das pessoas a quem estamos alcançando nesses dias com o evangelismo”, conta Gonçalves com alegria.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox