Notícias Adventistas

Batismo da Primavera marcou a vida de juvenis que hoje são pastores e lideram a Igreja

Por Heron Santana 22 de julho de 2021

Evento tradicional do calendário evangelístico da Igreja Adventista do Sétimo Dia, o Batismo da Primavera é realizado a cada ano, em setembro, e favorece o testemunho público de juvenis dispostos a aceitar um estilo de vida inspirado em Jesus Cristo. A iniciativa marcou a vida de pessoas que hoje são líderes da Igreja. E que guardam viva a memória da entrega de vida a Deus no mês da primavera.

Um deles é o pastor Daniel Weber Thomas, que atualmente é líder da Igreja Adventista do Sétimo Dia para a região central da Bahia. “Meu pai teve a preocupação de criar os filhos no caminho do Senhor”, contou Webber, enquanto observava um álbum com fotos da época em que era crianças. Ele lembra detalhes da vida de adoração em família, e de como, desde pequeno, foi ensinado a ter um relacionamento com Deus. “Me lembro, na escola sabatina, ainda pequeno, meu pai comigo na classe. Ele me ensinou a importância do cuidado, perseverança e visão de futuro”, declarou.

Assista o vídeo e conheça a história do batismo do Pastor Weber no mês da primavera.


O pastor Weber foi batizado em 22 de setembro de 1973, em Belém, PA, durante uma campanha de Batismo da Primavera. Ele estava com o uniforme de desbravador. “O lenço era até um pouco diferente, na cor laranja. Lembro dos acampamentos, das classes bíblicas, das especialidades”, recordou o líder, fazendo um apelo aos pais para que preparem os filhos para este momento.

Pastorzinho – Quem também lembrou a importância do Batismo da Primavera foi o pastor Jairo Torres, líder da Igreja Adventista para o Estado de Sergipe. O líder lembra que seu batismo ocorreu após uma visita que o pastor fez ao sítio em que morava, próximo a Belo Horizonte, MG. “Eu sempre fui apaixonado por pastores, chamavam de pastorzinho desde cedo. Morava em um sítio e um dia o pastor veio me visitar. Ele conversou comigo sobre meu batismo, mencionou como me observava e via a dedicação que eu vivia na igreja”.

No dia 28 de setembro de 1967, Jairo Torres foi batizado, aos 9 anos, na antiga igreja central da capital mineira. O Batismo da Primavera marcou tanto a vida que ele fez teologia e se dedicou a evangelizar e batizar outras pessoas. Entre eles, os dois filhos, também no mês da Primavera. Um deles é hoje missionário adventista no Oriente Médio. Próximo de uma jubilação marcando a aposentadoria, após 39 anos de ministério, Jairo não esconde a emoção com a beca batismal que o acompanhou ao longo do tempo.

Pastor Jairo Torres compartilha experiência pessoal no Batismo da Primavera. Assista.


O Batismo da Primavera foi criado em 1963 pelo pastor Ademar Quint, distrital em Madureira, RJ. Pastor Quint, inclusive, foi mentor do pastor Jairo Torres. O evento foi criado para permitir a juvenis a preparação para esta experiência espiritual marcante. Existe uma preparação para a cerimônia batismal desses meninos e meninas. Os interessados estudam a Bíblia, participam de classes de juvenis e de jovens e se preparam para viver publicamente esta experiência. Hoje o Batismo da Primavera se tornou a principal festa batismal dentro do calendário eclesiástico adventista. E as classes batismais na Bahia e em Sergipe estão funcionando para fazer de 2021 uma primavera marcante. “Estamos felizes com a mobilização das classes e confiantes com as vidas que logo cedo demonstrarão o valor da comunhão com Deus”, disse o pastor João Batista, líder de Evangelismo da União Leste Brasileira, sede adventista para Bahia e Sergipe.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox