Notícias Adventistas

Apicultor entrega cerca de mil livros por ano

Antônio aproveita todas as oportunidades para entregar o livro missionário na pequena cidade de Igarapava, interior paulista.

Por Suellen Timm - com informações de colaborador local 26 de maio de 2019

 

Não é preciso passar muito tempo com o Antônio Alves Costa, carinhosamente chamado de senhor Nego, para ouvir uma de suas muitas experiências durante seu costume de entregar livros. Como apicultor e um homem muito conhecido na pequena cidade paulista de Igarapava, onde reside, ele começa a conversar com as pessoas e finaliza com a clássica frase: “Eu quero te dar um livro de presente”.

Certo dia, ele encontrou no centro da cidade uma cliente para quem vende mel. A mulher ficou feliz ao vê-lo, pois já estava lendo o título com o qual ele a havia presenteado. Ela, que também tem parentes adventistas, logo demonstrou interesse em começar um estudo bíblico.

Nego se emociona durante a homenagem que recebeu do pastor e igreja adventista que ele frequenta. (Foto: colaborador local)

Em outra ocasião, voltando para casa de ônibus após visitar parentes que residem em Ribeirão Preto, Nego orou para que Deus colocasse ao seu lado alguém sincero para que ele pudesse entregar o livro. Quando uma mulher se assentou, contou a ela sobre o pedido que havia feito, esperando por alguém que precisasse daquela literatura.

Dessa maneira, ele entrega anualmente, sozinho, mais de mil exemplares. Isso, no entanto, não o leva a se ausentar do Impacto Esperança. No dia 25 de maio, ele foi homenageado pela igreja que frequenta pelo trabalho que realiza desde a primeira edição do projeto.

Como pioneiro da Igreja Adventista na região em que reside, assim que o ano tem início, Nego já planeja sua distribuição particular. “Assim que sai o livro do Impacto Esperança, ele insiste [para] que eu consiga um para que ele possa ler. Ele só começa a distribuir depois que lê o livro inteiro”, explica o pastor em Igarapava, Daniel Manetta.

Nego distribui cerca de mil livros anualmente na pequena cidade que ele reside. (Foto: colaborador local)

Antes da distribuição dos livros no município, o pastor Maneta convidou o apicultor para contar sobre o trabalho que realiza e compartilhar algumas das histórias que coleciona. Costa se emocionou com a homenagem e destacou a importância de se dedicar para levar esperança para sua comunidade.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox