Notícias Adventistas

Amizade entre mulheres resulta em transformação de vida através de batismo

Diana conheceu Jesus por meio de Neuma. O encontro inusitado das duas fez nascer uma bela amizade baseada em valores e princípios bíblicos

Por Rafael Brondani 8 de março de 2021

Com senso de missão no coração e empatia acentuada, Neuma procura entender as dificuldades das pessoas que estão ao seu redor. (Foto: Divulgação)

Há alguns anos, Neuma Pereira Costa atua como secretária na igreja adventista de Formosinha 2 e sabe a importância de sua função. Além de oferecer um trabalho de excelência para Deus por meio da secretaria, ela vive a experiência de levar pessoas aos pés de Cristo de modo simples, coerente e significativo.

Amizade para Jesus

Com senso de missão no coração e empatia acentuada, Neuma procura entender as dificuldades das pessoas que estão ao seu redor.

Em 2017, caminhando para casa, o sorriso cativante de Neuma despertou curiosidade na jovem Diana Menezes, que reside na mesma rua que ela. Ao ser indagada se era evangélica, Neuma confirmou e complementou ser adventista do sétimo dia. A nova amiga, então, lembrou-se que já havia feito uma visita à denominação havia muito tempo. “Diana se sentia muito sozinha e passava por problemas. Ela disse que gostaria de visitar a igreja. Foi assim que ela começou a visitar esporadicamente a igreja adventista e uma amizade especial começou a crescer entre nós”, expõe Neuma.

A vida difícil de Diana era conhecida pelos moradores de seu bairro. Neuma sentiu-se movida a auxiliar a amiga no que fosse necessário, sendo um ombro amigo, dando conselhos e ajuda financeira, não importava o dia nem a hora.

Carinho retribuído

Diana sentiu-se tão acolhida que retribuiu todo o carinho recebido quando Neuma precisou fazer uma cirurgia. “Vou cuidar de você. Aceita?”, perguntou a jovem. A secretária aceitou. Bem cedinho a vizinha chegava, arrumava o que precisava e fazia o café da manhã. Foi assim durante um mês, até Neuma se recuperar.

No dia a dia, durante esse período, Diana contava sua vida à Neuma, que a aconselhava. Por fim, Neuma disparou: “Vou te dar um estudo bíblico”. “Diana aceitou. E após minha recuperação, estudamos semanalmente a Bíblia. Antes mesmo de concluirmos os estudos, ela quis ser batizada”, relembra a secretária.

Abandono e retorno

Porém, em algum momento dessa caminhada, Diana se afastou dos princípios bíblicos, até que um dia chegou à igreja justamente no momento em que Neuma estava pregando. Diana, chorando, disse que queria ser batizada novamente.

O batismo foi concretizado em 2018, no Dia Internacional da Mulher. Neuma e alguns amigos da igreja prepararam uma roupa especial para Diana e sua filha, que na época tinha 6 anos de idade. Segundo Neuma, houve uma linda festa. Ela teve o privilégio de entrar no tanque batismal junto com a amiga.

Para a secretária, ter amor pelo próximo é ser amigo, preocupar-se com as necessidades do outro e estar interessado em ajudar. “A mudança na vida da Diana foi real e é visível a todos. A felicidade voltou a transbordar em seu coração. Hoje ela é membro da igreja adventista de Formosinha 2 e atua como diaconisa e professora das crianças”, finaliza Neuma, emocionada.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox