Notícias Adventistas

Amizade com casal transforma vida missionária de técnico em Telefonia

Dentro do processo de estudar a Bíblia junto com o casal, Hugo desenvolveu com eles uma grande amizade. Dias de visita, estudos, almoços. Laços que foram se estreitando e solidificando tudo aquilo que o casal vinha aprendendo através da Bíblia e mudanças logo foram ganhando espaço naquela rotina

Por Rebeca Silvestrin 7 de outubro de 2020

“O ser humano não é uma fonte inesgotável de amor, caridade, compaixão, força. Nada disso vem com a gente de forma natural. É de Deus que vem toda e qualquer boa ação que eu possa fazer por mim, pela minha família e pelo meu próximo”. A frase acima vem de uma reflexão que o técnico em Telefonia Hugo Dias, fez enquanto contava sua história de amizade com uma família especial.

Em 2019, Hugo – que é membro da Igreja Adventista do Coophavila II, na cidade de Campo Grande (MS) -, fez uma oração a Deus pedindo que Ele o ajudasse a trabalhar em Sua causa, a falar do Seu amor e desejou que Deus enviasse até ele pessoas que precisassem de sua ajuda. “Eu nunca fui muito missionário e no ano passado, decidi que em 2020 tudo seria diferente. Orei a Deus e pedi que Ele ajudasse nesse processo e me ensinasse a amar e cuidar do outro, como Ele nos ama”, conta.

O técnico em Telefonia, Hugo Dias, fez uma oração pedindo que Deus o ajudasse a falar de Seu amor para as pessoas. Sua resposta foi também o pedido atendido de um casal especial.

A oração dele foi respondia e, mal sabia Hugo, mas a resposta que chegou até ele, era também o pedido de socorro de outra família. “Deus trabalha com começo, meio e fim. Tudo o que Ele faz tem um propósito maior. Depois que fiz essa oração a Deus, um dia, meu telefone tocou. Uma amiga da igreja me disse que seu filho e sua nora estavam com alguns problemas sérios e pediu que eu fosse visitá-los”, lembra.

Da casa onde o pedido de socorro havia saído, o casal Darci Paes e Eberton da Silva, receberam Hugo e a partir daí, a vida do casal e do técnico começou a mudar. “Naquele dia eu e meu marido bebemos muito e passamos mal. Quando liguei para a minha sogra pedindo ajuda, ela veio nos visitar e trouxe o Hugo. Ele se apresentou, fez uma oração com a gente e perguntou se poderia nos visitar outras vezes para estudarmos a Bíblia juntos”, explica Darci.

Darci é aposentada e casada com Eberton, que trabalha como barbeiro. Os dois viviam praticamente isolados da família e achavam algum conforto na bebida. Por conta disso, a depressão e a síndrome do pânico faziam parte da rotina de Darci. Mesmo assim, seu pedido constante para Deus era justamente por uma mudança de vida. “Eu estava cansada daquela rotina e meu marido também. Quando conhecemos o Hugo e ele passou a fazer parte das nossas vidas, fomos aprendendo sobre Deus, Seu amor e cuidado. Pouco a pouco abandonamos os vícios, mudamos os nossos hábitos e decidimos que essa mudança não seria passageira”, lembra a aposentada.

Para Hugo, a maior reflexão de toda essa trajetória é a de que em todos os lugares há pessoas travando algum tipo de batalha e que muitas vezes podemos fazer algo para ajudar. “Quantas pessoas passam por nossas vidas todos os anos, eu me pergunto. Com quantas delas temos compartilhado o amor de Deus?”, indaga.

Segundo o relato do técnico, o caminho para o céu para ele se tornou o principal objetivo de vida, mas tem um detalhe que faz toda a diferença em sua rotina hoje. “Sou marido, pai, trabalhador, amigo, mas acima disso tudo, sou alguém que tem o céu como objetivo principal em minha vida. Mas, eu entendi que eu não chegarei lá sozinho. De forma alguma o caminho até lá é solitário. E enquanto seguidor de Cristo, eu preciso entender isso todos os dias”, ressalta.

A família do casal Darci e Eberton. Depois de estudarem a Bíblia com Hugo Dias, a família se batizou e hoje retomaram o convívio familiar.

Dentro do processo de estudar a Bíblia junto com o casal, Hugo desenvolveu com eles uma grande amizade. Dias de visita, estudos, almoços. Laços que foram se estreitando e solidificando tudo aquilo que o casal vinha aprendendo através da Bíblia e mudanças logo foram ganhando espaço naquela rotina, como ele conta. “Eu pude ver de perto a transformação que a Palavra de Deus é capaz de fazer na vida das pessoas”, recorda-se.

Para o barbeiro Eberton, o relacionamento construído com o técnico em Telefonia aproximou ele e sua esposa de Deus, fazendo com que eles experimentassem uma vida completamente nova. “A nossa vida hoje é totalmente diferente. Buscamos a Deus, estudamos a Bíblia e convivemos com a nossa família e o Hugo é uma parte muito importante de toda essa caminhada”, enfatiza.

Como resultado de toda essa jornada de aprendizado mútuo, o casal decidiu ser batizado no início do mês de setembro. Além deles, a filha, o genro e o neto de Darci também foram batizados. Para quem viu decisões tão importantes sendo tomadas, a sensação é a de que sua oração por uma mudança em sua própria vida acabou alcançando tantas outras. “Essa família significou muito para mim esse ano, porque ela foi uma resposta clara de Deus e a oportunidade que Ele me deu de compartilhar a mensagem de salvação com outras pessoas. Hoje, sinto a grande alegria que é ver pessoas sendo batizadas e saber que contribuí, de alguma forma, para aproximá-las desse amor infinito”, finaliza Hugo.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox