Notícias Adventistas

Amigos de Fé: Projeto busca fortalecer discipulado no século 21

No centro do Rio Grande do Sul milhares de fiéis estiveram envolvidos nas atividades através de 38 pontos de vigília.

Por Andréia Silva

 

Durante a vigília, fiéis estudaram uma revista e assumiram compromissos missionários para desenvolver ao longo ano. [Foto: Eliézer Gomes]

Começou no último sábado(03), nas igrejas adventistas do Sul do país, um movimento que visa fortalecer a comunhão, o relacionamento, e a missão entre os fiéis. O programa denominado Amigos de Fé, é assim chamado porque consiste na formação de duplas, onde cada adventista que já teve a oportunidade de se envolver em algum ministério da igreja, convida outro que ainda não teve a oportunidade, para unir-se a ele. E, juntos, passam a motivar-se, fortalecer-se, desafiar-se, e assim, tornem-se verdadeiros amigos de fé.

O ponto de partida para as atividades foi uma vigília de 5 horas que aconteceu neste último sábado. Ali foram expostos seminários curtos que atendiam ao CRM (Comunhão, Relacionamento e Missão), intercalados com louvor, oração, testemunho, e o estudo de uma revista. Este manual trazia ponderações práticas sobre cada assunto levantado, aprofundava o conhecimento sobre os temas e estimulava decisões pessoais e conjuntas.

Programa busca fortalecer o discipulado no século 21. [Foto: Eliézer Gomes]

“Este é o start de um processo de envolvimento que irá durar o ano todo”, conta a líder do Ministério da Mulher, Claudete Cardoso, que trabalha em parceria com o Ministério Pessoal da igreja para o desenvolvimento deste programa. “Agora os amigos de fé terão atividades relacionados ao CRM para cumprir juntos e, com isso, visamos ter um aumento do processo de discipulado, com mais pessoas envolvidas no trabalho da igreja e em suas diversas frentes missionárias”, explica.

As vigílias foram feitas de forma local, e culminaram com o encerramento dos Dez Dias de Oração, momento para o qual as igrejas já estavam programando reunir-se. No centro do Rio Grande do Sul milhares de fiéis estiveram envolvidos nas atividades por meio de 38 pontos de vigília.

Entre eles estava Rafael Brondani e José Roberto de Angelo, uma dupla de fé da igreja central de Cruz Alta, RS. Rafael, já experiente nos departamentos de Comunicação e Ministério Jovem, convidou o amigo recém-chegado do Rio de Janeiro para ser a sua dupla de discipulado.”Passarei alguns meses no Rio Grande do Sul, e fiquei feliz em saber sobre este projeto”, explica José Roberto. “Eu estou motivado em participar e, quando eu voltar para o Rio de Janeiro, quero levar esta ideia para lá também”, sugeriu o jovem.

Um giro pelo centro do RS:

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox