Notícias Adventistas

Profissionais da Saúde em Olímpia recebem mensagens de conforto durante a Semana Santa

Por Kimberly Ludugério 2 de abril de 2021

Durante a Semana Santa, jovens adventistas de Olímpia resolveram se juntar para levar mensagens de esperança e conforto aos profissionais de saúde através do projeto Telefone Solidário.

Joice Giacomassi, voluntária, entrando em contato pelo WhatsApp

À frente do projeto estão onze jovens, entre universitários e recém-formados em psicologia, que ligam ou mandam mensagens pelo WhatsApp para os 56 profissionais de saúde que lidam com a crise na linha de frente na cidade. Para que a ideia saísse do papel, adventistas que trabalham nos hospitais pediram autorização administrativa para compartilhar os contatos desses profissionais. Assim que os números foram concedidos, os contatos começaram. Entre palavras de apoio e de reconhecimento, eles também receberam materiais em PDF que auxiliam na saúde emocional. Os médicos e enfermeiros aproveitaram também fazer pedidos de oração durante a conversa.

Telefone Solidário e a Semana Santa

Alberto T. Barros, pastor adventista que atua na cidade e que desenvolveu o projeto, criou uma equipe para esta ação acontecesse especialmente durante a Semana Santa.

Kaike Kopitar, também voluntário, entrando em contato com os profissionais da saúde da cidade

“Percebemos um aumento muito grande de pedidos de oração dos trabalhadores da saúde nesses últimos dias através dos adventistas que são enfermeiros aqui. O avanço da Covid-19 está mais intenso que nunca. Tanto a UPA quanto a Santa Casa de Olímpia estão há semanas em sua capacidade máxima. Os profissionais de saúde estão exaustos e sobrecarregados. A Semana Santa é um momento de envolvimento de toda a igreja e uma oportunidade evangelística de compartilhar a esperança que Jesus nos oferece através da salvação. Assim, podemos fazer a diferença levando a eles um pouco de carinho e alegria.”

A reação de quem está recebendo a atenção, está sendo positiva. Para a técnica de enfermagem Luzia de Fátima Gezuatto, o Telefone Solidário chegou na hora certa. “Precisava muito das mensagens e quero continuar recebendo sempre.”

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox