Notícias Adventistas

Jovens adventistas encontram ‘menino Calebe’ e descobrem homenagem após Missão

O menino Calebe é um fruto especial de uma Missão que ficou guardada no coração de uma mãe, a ponto de render uma bela homenagem

Por Rebeca Silvestrin 30 de julho de 2019

Em 2014 um grupo de jovens da cidade de Rio Brilhante (distante 161 quilômetros da capital, Campo Grande), participou da Missão Calebe. Nesse ano eles viveram um mês intenso de evangelismo, trabalho social e dedicaram-se a conhecer as pessoas da comunidade e a visitá-las, na busca por conhecê-las e apresentar Cristo de maneira pessoal. “Ficamos um mês trabalhando em diversos projetos na igreja local. Uma das moradores do bairro, a funcionária pública Ana Carla Rodrigues, acabou conhecendo o projeto e participou de tudo o que fazíamos. Dos cursos de culinária saudável, das palestras, dos cultos, noites de evangelismo. Depois de algum tempo, fizemos estudos bíblicos e ela se batizou”, lembra a estudante de Odontologia, Camila Martins, integrante da equipe de calebes que atuou no sul do estado em 2014.

O grupo de jovens e o menino Calebe (centro).

Depois de quase cinco anos dessa primeira Missão Calebe vivida pelo grupo, Camila conta a surpresa que teve durante um reencontro especial na Missão de 2019 na mesma cidade. “Estávamos fazendo um culto na praça da cidade quando ela nos viu, se aproximou e apresentou o seu filho e nos disse: ‘Esse é o Calebe. Ele tem quatro anos. Eu estava grávida dele quando vocês fizeram a primeira missão aqui. Ele recebeu esse nome depois que conheci a história de Calebe na Bíblia através do projeto de vocês e foi uma forma de homenageá-los por tudo o que fizeram em 2014’”, diz Camila.

O menino Calebe é um fruto especial de uma Missão que ficou guardada no coração de uma mãe, a ponto de render uma bela homenagem.

Ações de grande impacto como essas realizadas pelo grupo da estudante Camila replicaram-se por todo o Mato Grosso do Sul em 2019.

Esperança e ações pelo MS

Em 2019 4.380 calebes saíram às ruas, praças, escolas, hospitais, igrejas e comunidades para falar do amor de Cristo à população. Em Campo Grande, mais do que falar, os jovens partiram para a ação, é o que conta Paulo Alvarenga, pastor da Igreja Adventista da Vila Jacy, região centro-sul da Capital. “Adotamos a praça do bairro, que é um dos mais antigos da cidade. Por lá, nosso projeto é entregar um local completamente novo à comunidade local. Os voluntários da Missão Calebe trabalharam para uma  total  transformação da praça, ao revitalizar a quadra, jardins e dois espaços para crianças. Além disso, conseguimos a construção de uma academia ao ar livre e estamos fechando uma parceria com a Polícia Militar para vigilância do local a fim de evitar depredações. É um projeto longo, que deve ir além do mês de julho, mas foi intenso durante a Missão Calebe. Nossa intensão é trazer os moradores do bairro para perto da igreja, sendo relevantes para eles ao trabalhar pela comunidade onde nossa igreja está inserida. Tem dado tão certo, que já ouvimos agradecimentos dos moradores e entendemos que construímos uma ponte entre a igreja, a nossa mensagem e os moradores da Vila Jacy”, compartilha o líder.

Calebes da IASD Vila Jacy. Trabalho intenso para revitalizar a praça do bairro e melhorar a qualidade de vida dos moradores da comunidade.

Em Aquidauana, região Oeste do Mato Grosso do Sul, um grupo de 40 voluntários trabalhou na cidade e região durante o mês de Julho, segundo explica o líder, pastor Alexandre Donato. “Além da cidade de Aquidauana, nosso grupo foi para o distrito de Camisão – região vizinha – dar estudos bíblicos e realizar todo o trabalho evangelístico. Ali, os voluntários também pintaram o parquinho da escola da comunidade e por lá deixaram uma horta plantada pensando na qualidade de vida dos alunos”, conta Donato.

Além das missões especiais do mês de julho, a Educação Adventista em parceria com o Ministério Jovem realizou missões de curto prazo com 30 alunos voluntários de duas instituições de ensino da capital. Os voluntários estiveram por 10 dias nas cidades de Bonito e Corumbá, levando ações sociais e de cunho missionário às regiões periféricas das duas cidades.

Fotos: Camila Martins / Davi Alves

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox