Notícias Adventistas

A pandemia, um documentário e uma igreja acolhedora

Deus utiliza muitos métodos para alcançar corações

Por Sandra Blackmer 31 de julho de 2021

Mark Janacek (esquerda) e o pastor Yuliyan Filipov em frente ao tempo adventista de Worthington, em Ohio. (Foto: Brooke Wong)

Era o início do verão norte-americano de 2020, e os casos positivos da Covid-19 estavam quebrando recordes diariamente por todos os Estados Unidos. Mark Janacek, como muitas pessoas, não podia adorar presencialmente com seus irmãos em Columbus, Ohio. Enquanto o lockdown continuava a causar prejuízos, ele sentiu um vazio espiritual crescendo dentro dele.

“Olhando para trás, percebo que o Senhor usou aquele tempo de lockdown para trabalhar em meu coração”, afirma Janacek.

Leia também:

Em uma sexta-feira à noite, Janacek estava vasculhando a Amazon Prime Video, procurando algo para assistir, quando ele notou The Days of Noah [Os Dias de Noé],1 um documentário de quatro partes produzido pelo Laymen Ministries [Ministério dos Leigos], um ministério de apoio adventista do sétimo dia com sede na região norte de Idaho. Ele não sabia nada sobre os adventistas, mas o título do filme o intrigou, e ele decidiu dar uma olhada.

“Aquele documentário me prendeu totalmente”, pontua Janacek. “Enquanto eu assistia ao programa, estava evidente para mim que Deus estava fazendo algo em meu coração. Eu não tinha noção, na época, do que era, mas assisti àquele programa a fundo diversas vezes, apenas tomando notas e escavando as Escrituras. Tornou-se meio que um projeto — uma jornada — e o Espírito Santo estava falando comigo.”

Produções audiovisuais que impactam

O documentário levou Janacek a desenvolver um interesse pela história da Igreja. Então, ele começou a pesquisar sobre os primórdios da Bíblia, a Reforma Protestante e os movimentos milerita e adventista.

The Days of Noah foi, na verdade, um trampolim. Vários vídeos e estudos sobre a história da Igreja se seguiram, que eu diria que aumentaram a profundidade da experiência”, acrescenta Janacek.

“Apocalipse 18:4 simplesmente saltou da página e mudou as placas tectônicas do meu espírito de uma forma que eu não tenho palavras para explicar”, detalha.

Uma Jornada de 50 Anos

Como filho de pastor de uma denominação protestante e cristão há mais de 50 anos, a Bíblia não era estranha para Janacek. No entanto, muitas doutrinas bíblicas que ele estava aprendendo por meio do The Days of Noah eram novas para ele, e “o Espírito Santo”, diz ele, “o guiou às origens de uma compreensão do sábado do sétimo dia, a mensagem do santuário, a centralidade do sábado na mensagem do santuário, e as profecias do tempo do fim”.

“Tornaram-se muito claras para mim. O filme realizou um grande trabalho ao explicá-las”, acrescenta ele. “Mas foi a passagem em Apocalipse 18:4, que se refere à ‘Babilônia’, dizendo ‘Sai dela povo meu’ que mudou a minha vida. Janacek, então, entrou em contato com Jeff Reich, fundador e diretor do Laymen Ministries2.

“Eu tinha algumas perguntas para ele”, conta Janacek. “Ele foi muito gentil e me respondeu, e conversamos brevemente. Isso foi próximo ao fim do verão americano de 2020.”

Janacek logo começou a procurar uma congregação adventista local e encontrou uma em uma cidade próxima de Worthington, cerca de 20 quilômetros de onde ele mora, em Columbus, capital do Estado de Ohio. Ele começou a frequentar virtualmente o templo de 800 membros a cada semana. Então, quando a igreja reabriu o culto presencial, ele apareceu lá em um sábado.

Receptividade que conquista

“Eu estava muito nervoso na minha primeira visita, mas todos foram muito gentis e bondosos”, ressalta Janacek. “Um senhor disse: ‘você precisa conhecer o pastor’, e me levou e me apresentou ao pastor. Então, o pastor imediatamente pegou o celular e marcou um encontro comigo naquela mesma semana. Eu fiquei espantado.”

O pastor da igreja de Worthington, Yuliyan Filipov, diz que após o início da covid-19, ele e sua esposa Milenka, nativos da Bulgária, que imigraram para os Estados Unidos em 2003, começaram a orar a Deus para trazer para a igreja pessoas que já estavam procurando a verdade bíblica. Quando Janacek apareceu, Filipov pensou sozinho: “Deus é fiel. Ele está respondendo às nossas orações.”

Janacek acredita que Deus emprega meios diferentes para que pessoas O conheçam (Foto: Brooke Wong)

O visitante ficou impressionado não apenas com o pastor, mas também com o culto de adoração. “Senti um espírito completamente diferente do que eu estava acostumado”, destaca ele. “A liderança e quem conduzia a música não estavam realizando um show, e sim ministrando. Lágrimas rolaram pela minha face. Naquele momento eu acho que o Senhor afirmou que era ali que Ele queria que eu estivesse.”

Janacek começou a estudar a Bíblia com o pastor. Mais tarde, outros foram acrescentados ao grupo de estudo, que agora conta com doze membros. Janacek foi batizado na Igreja Adventista do Sétimo Dia de Worthington em 10 de abril.

“Mesmo podendo ter entrado para a igreja por meio de profissão de fé, eu escolhi ser rebatizado, porque esse é um entendimento completamente novo da fé que tive por muito tempo”, explica Janacek. “Ela tem um novo significado para mim em um nível completamente diferente.”

Antes empresário e jornalista, Janacek agora está escrevendo prosa e poesia religiosas para adorar a seu Senhor. Ele também está envolvido no trabalho de evangelismo e missão em sua igreja local, como na liderança de um programa de recuperação do luto. Seu sincero compromisso é compartilhar a mensagem do evangelho com os outros.


Sandra Blackmer é editora-assistente da Adventist Review.

A versão original desta história foi publicada no site da Adventist Review.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox