Notícias Adventistas

Estudos Bíblicos

90 mil pessoas estudam a Bíblia com os adventistas no estado de SP

Dar estudos bíblicos transforma vidas. Em 2021, os adventistas do estado de SP foram motivados a viverem essa experiência.


  • Compartilhar:

Por muito tempo, os adventistas foram conhecidos como o "povo da Bíblia". Ou seja, os adventistas eram um grupo de pessoas que se destacavam na sociedade por serem conhecedoras profundas das escrituras sagradas. Aliás, o estudo sistemático da Bíblia está no cerne do movimento adventista, que surgiu após longo e extensivo estudo das escrituras, após o desapontamento de 1844.

Entendendo que o estudo e o ensino da palavra de Deus são parte da missão da Igreja Adventista do Sétimo Dia no mundo, em 2020, surge o projeto Através de Nós, da IASD para o estado de São Paulo, que é um movimento "de motivação missionária, com base em Atos 19:11, onde mostra que Deus fazia maravilhas através de Paulo. Assim, entendemos que todos podem participar da missão", explica o presidente da Igreja Adventista para o estado de SP, Maurício Lima.

Apesar dos desafios impostos pela pandemia, o projeto Através de Nós se consolidou nas igrejas locais, campos, colégios e instituições do território paulista, motivando homens e mulheres a ensinarem a Bíblia para outras pessoas. "O objetivo era que cada um se tornasse um missionário, colocando-se à disposição para que Deus usasse cada um de forma especial", completa o líder.

Há poucos dias do encerramento do ano, a União Central Brasileira celebra o ideal estipulado lá no início de 2021: estudar a Bíblia com 90 mil pessoas.

Todos envolvidos na missão

"Foi lançado o desafio para que todos, tanto membros como servidores da Igreja Adventista em São Paulo, se envolvessem na missão e ministrassem estudos bíblicos", conta o líder de Ministério Pessoal e Escola Sabatina da UCB, pastor Edimilson Lima. Durante todo o ano, os escritórios administrativos, colégios, instituições e igrejas locais estiveram focados em dar estudos bíblicos.

Quase 22 mil pessoas receberam estudos bíblicos por meio da Educação Adventista em São Paulo. Além disso, os administradores e departamentais de toda a Igreja nesta geografia estudaram a Bíblia com 320 pessoas. "Nós queríamos que, antes da membresia, os líderes estivessem envolvidos, dando estudos bíblicos também e vivendo esta linda experiência", completa Lima.

Veja como dar estudos bíblicos transformou a vida do Halan

Tecnologia a favor da Bíblia

Para a melhor organização do projeto de estudos bíblicos, o escritório da Igreja Adventista para o estado de São Paulo, criou um aplicativo que foi disponibilizado para os pastores do território. "O aplicativo ajudou o pastor a mensurar o envolvimento dos seus membros na missão e a cadastrar os instrutores bíblicos do distrito", explica o líder do Ministério Pessoal para o estado de SP. Além disso, a plataforma também serviu para o pastor local conhecer aqueles que estavam recebendo estudos bíblicos e, assim, promover um movimento de intercessão por esses.

Lucinéia Meireles, moradora da zona Sul de São Paulo, é uma da 90 mil pessoas que estudaram a Bíblia em 2021 no estado de São Paulo. No início de novembro, ela e o esposo foram batizados após serem instruídos pela dupla missionária Sandra e Célia que, quase todos os dias, está em alguma residência ministrando a palavra de Deus. Conheça a história delas logo abaixo.

Para 2022, os sonhos da Igreja Adventista para o estado de São Paulo são maiores. "Queremos estudar a Bíblia com 100 mil pessoas e aumentar o número de instrutores bíblicos, de pessoas envolvidas na missão", revela o pastor Maurício Lima.

Amigas ensinam a Bíblia e têm suas vidas transformadas