Notícias Adventistas

Servidores da Igreja Adventista reformam escola e igreja no Paraguai

Voluntários do Paraná realizaram missão de 10 dias no interior do país vizinho.

Por Gustavo Cidral e Dinei Avelar 14 de novembro de 2019

Voluntários que passaram 10 dias no Paraguai. (Foto: Dinei Avelar)

Azote’y é uma cidade no Paraguai com cerca de 8 mil habitantes – 1 mil na área urbana e 7 mil em vilarejos, onde ficam as colônias indígena, brasileira e alemã. A Escola Adventista é uma instituição com bastante influência na comunidade, servindo há 30 anos. Porém, a estrutura física precisava de uma reforma para continuar atendendo os 140 alunos que atualmente frequentam as aulas do Ensino Infantil e Ensino Fundamental, além de estar preparada para receber novas crianças.

Diante dessa necessidade, um grupo de 21 voluntários viajou de Maringá para o interior do país vizinho com o objetivo de realizar uma missão de 10 dias, entre 21 e 30 de outubro, na reforma da escola. A equipe foi formada por servidores e familiares da sede administrativa da Igreja Adventista do Sétimo Dia na região norte do Paraná – a Associação Norte Paranaense (ANP).

Trabalho de reforma na igreja de Azote’y. (Foto: Dinei Avelar)

“Destaco o empenho desse grupo. Eles se desdobraram, deram o máximo de si, foi uma coisa linda de se ver. Louvo a Deus por fazer parte dessa equipe. Na missão a gente entende o propósito na nossa vida”, afirma o pastor Montano de Barros, presidente da ANP.

Homens, mulheres e adolescentes ajudaram os pedreiros locais na reforma da escola, pintando as salas de aula, a fachada e os corredores. Parte do trabalho envolveu a demolição de uma casa onde havia salas de aulas antigas e banheiros. A Igreja Adventista do município, que fica no mesmo terreno, também foi reformada.

“Isso nos motiva a sermos mais missionários, porque de repente nos acomodamos e a gente vê pessoas vindo de outros lugares e passamos a valorizar mais a missão”, reconhece Silvino Ibarra, diretor da Escola Adventista de Azote’y.

Missão na ilha de San Carlo. (Foto: Dinei Avelar)

Além do trabalho braçal, os missionários desenvolveram atividades com os alunos nas aulas de Ensino Religioso e promoveram três noites de evangelismo para os moradores da comunidade.

O povo de uma ilha chamada San Carlo também recebeu a visita dos brasileiros e foi beneficiado com doações. Após 12 horas de viagem de barco pelo Rio Paraguai, o grupo encontrou a comunidade indígena com quem realizaram um culto entregaram roupas, brinquedos, materiais de higiene pessoal e limpeza.

Para o administrador financeiro da ANP, Everson Braga, “o sentimento é de gratidão a Deus por podermos ajudar outras pessoas. Os maiores beneficiados somos nós mesmos”.

Veja mais fotos da missão no Paraguai:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox