Notícias Adventistas

Pedro Almeida, eleito melhor personal trainer do país, estará em live do Outubro Rosa

Com câncer raro aos 6 anos, Pedro Almeida venceu a doença. Já adulto, viu a mãe e esposa serem diagnosticadas com câncer. O mineiro se tornou educador físico e trabalha na cura de pacientes oncológicos, por meio de atividades físicas.

Por Renata Paes 8 de outubro de 2020

À esquerda, Pedro Almeida quando criança, em fase de tratamento contra um câncer raro. À direita, Pedro já adulto sendo reconhecido como melhor personal trainer do Brasil por tratar, por meio de atividades físicas, pacientes oncológicos (Foto: Arquivo pessoal).

Pedro tinha apenas 6 anos quando precisou deixar o Brasil e seguir para Houston, no Texas, Estados Unidos. Em 1988, ele foi uma das sete pessoas no mundo diagnosticada com um câncer raro. Mesmo em meio à tratamento intenso de quimioterapia, a mãe de Pedro fez de tudo para ele não perdesse a infância.  Ela levava-o para correr, jogar bola e brincar. Essas atividades despertaram no menino a necessidade de ajudar a outros que sofriam por conta do câncer.

Quando estava dentro do hospital, via as pessoas sofrendo muito e eu passava pelo tratamento de uma maneira mais suave, por causa das atividades físicas. Falei para minha mãe que quando crescesse queria ajudar as pessoas doentes. Pensei se faria Medicina ou Educação Física”, conta ele.

Hoje, aos 38 anos, Pedro é mestre e doutor em Fisiologia e Farmacologia, especialista em atividade física para grupos especiais com ênfase em paciente oncológico, educador físico e eleito o melhor personal trainer do Brasil pela Sociedade Brasileira de Personal Trainer.

A experiência de Pedro com o câncer não se encerrou na infância. Em 2015, pouco tempo antes de se casar, ele descobriu que a mãe estava com a doença. Em 2017, a espera de um bebê, com sete meses de gestação, outra descoberta: a esposa havia sido diagnosticada com câncer de mama. Duas semanas depois, o câncer da mãe, já curado, retornou. Em todos esses momentos, Pedro esteve presente com a mãe e a esposa. E foi aí que ele pode aplicar todos os conhecimentos adquiridos e o que colheu desde a infância em relação as atividades físicas.

“Eu as acompanhei com exercícios, direcionamentos”, enfatiza ele.

Em 2019, a mãe de Pedro apresentou novamente a ocorrência da doença, só que em menor escala. Tanto a esposa quanto a mãe do educador estão curadas e seguem em acompanhamento. Pedro continua a cuidar da família por meio de exercícios físicos, pois acredita que esse é um dos melhores caminhos para se chegar a cura.

Na minha cabeça eu sou um milagre de Deus, porque sou o único sobrevivente de sete pessoas. Essas coisas foram me mostrando que existe força e o que Deus queria com o meu propósito de vida. Eu não me desesperei quando soube de minha mãe e minha esposa, porque eu já passei pelo processo, sei o que é necessário para reverter o quadro. Eu trabalho mente e corpo. Eu tento entender as dores dos meus pacientes. O meu trabalho é gerenciar a pessoa e como ela tem que mudar a rotina de vida ao implementar uma nova”, destaca ele.

Live Outubro Rosa AMC

A live ocorrerá nesta quinta, 8 de outubro, a partir das 20h30, com transmissão ao vivo pelo Facebook e Youtube Adventistas Uai. (Imagem: Divulgação).

A Igreja Adventista em Belo Horizonte tem cerca de 13 mil mulheres atuantes nos templos como líderes, mães, esposas, profissionais, e para essas mulheres, que precisam cuidar da saúde, o Ministério da Mulher promove nesta quinta, 8 de outubro, a partir das 20h30, uma live para falar sobre prevenção ao câncer de mama e como cada uma pode contribuir nesse processo de conscientizar outras mulheres.

Os convidados são: Ester Leal, Líder do Ministério da Mulher para a Região Sudeste do Brasil; Profª Rita Lima, Líder do Ministério da Mulher da Igreja Adventista em Belo Horizonte; Dr. Pedro Almeida, Educador Físico.

Haverá ainda a participação de Edmilson Marques, responsável pela Ong Fio de Luz, que atualmente já doou mais de três mil perucas para mulheres com câncer.

Com a doação de cabelos e confecção de perucas, a Ong busca resgatar nas mulheres a autoestima, confiança e força para seguirem firmes com o tratamento.

Os convidados falarão sobre os projetos da igreja voltado às mulheres, como ajudar mulheres com câncer e também como cuidar da saúde e diagnosticar a doença precocemente. Os interessados podem acompanhar a live pelo Facebook e Youtube Adventistas Uai.

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox