Notícias Adventistas

Mutirão de Natal leva família de pastor pentecostal para Igreja Adventista

Maicon Weber e sua esposa, que comandavam uma igreja evangélica, decidiram se tornar adventistas por influência de projeto social

Por Douglas Pessoa 4 de fevereiro de 2021

Maicon e família: “Entrar para IASD foi um teste de humildade para mim”.

Colocar a Bíblia debaixo do braço e caminhar pelas ruas calmas da periferia de Lajeado, no interior do Rio Grande do Sul, onde o silêncio é outrora interrompido por crianças brincando ou por carros em baixa velocidade, sempre fez parte da rotina de Maicon Weber. Como pastor titular de uma pequena igreja evangélica, ele e sua família comandavam um grupo com cerca de 20 fiéis que se reuniam semanalmente com objetivo de buscarem a Deus.

Para qualquer pessoa não muito observadora, o trabalho de Weber seguia em um ritmo normal e sem grandes dificuldades. No entanto, uma coisa incomodava o então pastor. “Minha esposa e eu sempre estudamos muito a Palavra de Deus. Mas, com o passar do tempo fomos percebendo que nem tudo o que apresentávamos na igreja estava em conformidade com o que a Bíblia dizia. Eu sentia uma necessidade de falar sobre outras doutrinas e conselhos apresentados na Bíblia, mas não podia. Isso foi me incomodando bastante”, contextualiza.

Esse incômodo foi se tornando presente no coração do casal até novembro de 2019, quando o filho mais velho deles, então com seis anos, chegou da escola com um pequeno folder na mão. A publicação era um convite para que todas as crianças do bairro fossem à igreja adventista para receberem brinquedos que seriam doados por voluntários do Mutirão de Natal. Maicon e sua esposa decidiram ir juntos e acabaram tendo o primeiro contato pessoal com a igreja. “Naquele dia, nós também recebemos um convite para fazer estudos bíblicos. Aceitamos de prontidão”, conta.

“Foi quando que um casal começou a dar estudos bíblicos para eles. Uma coisa que facilitou muito foi a disposição do Maicon em aprender e a rápida assimilação daquilo que era apresentado”, conta o pastor Admarque Martins, responsável pela igreja adventista de Teutônia e do bairro Olarias, em Lajeado. Ele conta que Maicon também ficou impressionado com as novas informações e sempre esteve disposto em estudar a Bíblia com mais afinco. Maicon conta também que o primeiro desafio do novo aprendizado foi colocar o descanso sabático na vida da família. “O sábado foi a primeira grande mudança que fizemos. Depois disso, foi a questão da alimentação. Mas, desde o primeiro dia sentimos uma diferença na nossa vida no melhor sentido da palavra”, testemunha.

A TV Novo Tempo também foi uma forte aliada no aprendizado da família. Eles começaram a acompanhar os programas evangelísticos da emissora regularmente, e logo tomaram a decisão de mudar completamente de vida e se tornarem adventistas do sétimo dia. No dia do batismo, a nova família de adventistas se comprometeu em dar continuidade ao trabalho de levar a mensagem de Deus. “Foi então que colocamos em prática o Ciclo do Discipulado. Maicon e sua esposa já formaram duplas com o casal que deu estudos bíblicos para eles. Juntos, os quatro estão estudando a Bíblia com outras pessoas, inclusive com membros da antiga igreja do Maicon”, conta o pastor Admarque Martins.

Para Maicon, toda essa história foi uma prova de humildade para ele. “Eu já era um estudante e profissional da Palavra quando conheci a Igreja Adventista do Sétimo Dia. Foi preciso que eu colocasse a humildade em prática e reconhecesse que precisava aprender mais. Nesse aprendizado pude ter acesso a um novo conhecimento. Temos que ter humildade no coração para reconhecer nossos erros e nossas falas, além de estarmos sempre dispostos a aprender”, afirma.

Veja a reportagem completa neste vídeo:

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox