Notícias Adventistas

Movimento triplica envolvimento missionário de jovens em Florianópolis

Classe jovem que recebia no máximo 45 pessoas, hoje realiza cultos divinos com até 137 pessoas.

23 de setembro de 2016

Florianópolis, SC… [ASN] A juventude da Igreja Adventista Central de Florianópolis foi reanimada neste ano. O motivo é o projeto Hope, que tem realizado uma série de iniciativas para os jovens estarem envolvidos na igreja. São iniciativas humanitárias, sociais e de adoração que tem atraído cada vez mais pessoas através de uma linguagem contemporânea. “Só para se ter uma ideia, a Escola Sabatina jovem tinha entre 25 e 45 pessoas presentes no ano passado. Atualmente já chegamos a receber de 137 pessoas”, explica Marcelo Moura, pastor na região central da capital.

Séries temáticas são um dos diferenciais

O principal momento do projeto tem sido a realização de cultos divinos duas vezes por mês, paralelamente ao culto na nave da igreja. “Aqui na nossa igreja o culto divino começa primeiro, as 9 horas. Mesmo assim temos a sala lotada. E o motivo é porque esse culto diferenciado tem atraído jovens de outra regiões e visitantes, inclusive pessoas que desejam voltar a ter comunhão com Deus”, explica Cristiano Batista, pastor auxiliar. “Nosso objetivo não é somente organizar um culto com uma liturgia diferenciada para os jovens. Queremos mais! Queremos plantar em cada coração o amor por Cristo e pela missão de pregar o evangelho a todas a nações”, acrescenta o pastor Marcelo Moura.

O foco na comunhão, relacionamento e missão é o pilar do movimento: “O jovem tem estar ligado a esses três pilares. Fazer sentido para ele realizar o culto pessoal, ter o relacionamento com Deus e estar na missão de levar as três mensagens angélicas ao mundo. O jovem cristão pode ser pós-moderno, mas ele deve ter a raiz em nossos princípios bíblicos. Por isso para alcançar esse público devemos ter uma linguagem contemporânea, mas sem faltar com a base doutrinária que nós temos”, explica Márcio Desenzi, líder da Hope.

Com relação aos trabalhos sociais, os jovens tem realizado, por exemplo, almoços comunitários para moradores de rua. A intenção é que todos estejam envolvidos, por isso até séries em vídeos são produzidas para dar oportunidade aos jovens trabalharem no projeto, além de atrair interessados. “Nós colocamos os jovens para servir a Deus. Temos aqui vários ministérios diferentes. Temos o ministério da fotográfica, da produção, do drama, entre outros.

Jovem Maria Eduarda foi batizada por resultado do movimento

Existem responsáveis inclusive pelos almoços que organizamos. O jovem precisa dar sentido a sua vida”, acrescenta Márcio Desenzi.

A iniciativa Hope tem motivado pessoas a se entregarem a Deus. Um exemplo disso é a jovem Maria Eduarda Rosa, que no último dia 17 de setembro foi batizada por influência do movimento. “Eu já havia ido a alguns cultos da igreja adventista, mas não era frequente. Depois que conheci a Hope eu nunca mais deixei de frequentar a igreja. Aqui eu me encontrei. Deixei de fumar e frequentar baladas. Decidi me batizar e participar ativamente das atividades da Hope”, testemunha a jovem. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

Este slideshow necessita de JavaScript.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox