Notícias Adventistas

Fiéis aprendem a orar e a ouvir Deus

Mais de mil pessoas tiveram experiência imersiva em meio à natureza.

10 de março de 2016
IMG-20160303-WA0004

Natureza foi o local escolhido para o Cenáculo

Maringá, PR… [ASN] Cenáculo é o nome do local onde Jesus Cristo teve a última refeição, a Santa Ceia, junto com os discípulos antes de morrer. Deriva da palavra latina cena, que significa “jantar”. Adaptado à atualidade, o termo é usado para o momento em que cristãos reservam um período de tempo e um local para buscarem estar mais próximos de Deus, criando intimidade por meio da oração. Trata-se de um encontro para uma “refeição” espiritual, a comunhão.

Cerca de mil pessoas tiveram essa experiência no norte do Paraná. Em 11 encontros, um para cada microrregião (o último no final de semana do dia 12 de março), os líderes das igrejas locais se retiraram para um local junto à natureza, longe dos barulhos e preocupações da cidade, sem acesso à internet ou sinal de telefone. Com uma programação simples e objetiva, as reuniões abordaram temas relevantes para a fortificação da fé, ensinando as pessoas a orar.

A cada tema, os participantes tinham 20 minutos para falar com Deus. Porém, com uma regra nas primeiras vezes: não podiam pedir e nem agradecer. O intuito é que a oração fosse uma conversa como ocorre entre dois amigos, contando os ocorridos da vida, os planos e até as situações aparentemente menos importantes. Os exercícios também orientavam os fiéis a ouvir o que Deus tinha a dizer por meio da Bíblia, da natureza ou da consciência.

“A base de todo o verdadeiro reavivamento é a oração. A proposta do Cenáculo é justamente esta, levar o povo de Deus a orar profundamente, ou seja, ter uma verdadeira imersão no relacionamento com Deus. A proposta é criar no coração dos participantes a necessidade de viver uma vida de constante comunhão com Deus, e sendo assim, estaremos preparados para receber a plenitude do Espirito Santo para que possamos concluir a tarefa dada por Cristo, de pregar o evangelho a todo mundo, e por fim, ver o nosso Senhor retornando nas nuvens”, explica o diretor de Mordomia Cristã da Igreja na região e organizador do Cenáculo, pastor Jônatas da Rosa.

Os servidores que trabalham na sede administrativa da Igreja na região, a Associação Norte Paranaense (ANP), tiveram esse momento nos dias 26 a 28 de fevereiro, do pôr-do-sol de sexta-feira até o meio-dia de domingo. O encontro foi realizado em um recando no município de Doutor Camargo, cerca de 30 Km de Maringá. Os 64 participantes puderam se conectar com Deus ao som de pássaros e da chuva que caía a maior parte do tempo.

Deise Reis trabalha no setor de Recursos Humanos da ANP, e para ela foi uma experiência “única e majestosa”. “Senti-me do lado do trono de Deus, algo com certeza que marcou minha vida. O programa é ótimo, proporcionou um contato mais íntimo com Deus, e recebemos dicas simples de como orar, mas com resultado indescritível”, conta.

Atitude influenciada pela alimentação

_DSC2453

Participantes tiveram muitos momentos de oração

Para a mente ficar limpa e tranquila, sem interferências na comunicação com o Céu, o corpo precisou ser desintoxicado. Todas as refeições, preparadas por uma equipe de oito pessoas, tinham o cardápio mais saudável possível, com alimentos naturais e sem origem animal. A experiência foi também um estímulo à reforma de saúde, acrescida dos relatos do pastor Jônatas, que também é diretor Saúde da ANP. Ele adotou uma dieta totalmente natural após ter levado alguns sustos com doenças que foram agravadas por causa do consumo desregrado de comidas prejudiciais. “Sugerimos um cardápio que os ajude a tomar decisões quanto à reforma da alimentação. Percebemos que oração e alimentação leve e saudável combinam muito bem”, esclarece o pastor.

A diferença na percepção das mensagens e atividade mental foi sentida por Deise. “A minha mente ficou aberta para escutar a voz de Deus e estar em contato direto com o Pai. No domingo pude sentir que minha mente estava mais clara e leve, tive mais disposição e vontade de realizar mais para a mente, corpo e alma”.

Como resultado, o pastor Jônatas espera que os participantes desenvolvam características denominadas como o “Fruto do Espírito Santo”, por Paulo, na carta aos Gálatas: amor, alegria, paz, longanimidade, benignidade, bondade, fidelidade, mansidão e domínio próprio. “Jamais poderemos viver essa realidade sem uma vida de oração, com profunda intimidade com o nosso Deus. Pela contemplação do Senhor, somos transformados. Sendo transformados, poderemos fazer brilhar nossa luz com muito mais poder, e levar o nome de Cristo com verdadeiro e autêntico testemunho”, enfatiza. [Equipe ASN, Gustavo Cidral]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox