Notícias Adventistas

Feira dá orientação de saúde e conscientiza sobre câncer de mama

A ação, voltada ao público feminino, aconteceu na praia de Camburi, em Vitória, e lembrou a campanha Outubro Rosa.

18 de outubro de 2016

Vitória, ES… [ASN] O câncer de mama era um assunto vivenciado de longe na vida da dona de casa Cléo Gomes Pereira. Isso até uma amiga próxima contrair a doença e precisar retirar uma das mamas. O choque ao ver alguém tão próximo passando pelo problema ligou o alerta. “ As pessoas tem tanta facilidade de correr atrás, se tocar, fazer o auto exame, mas não fazem. Vi como a doença é séria e estou me cuidando”, contou.

cleo-ouviu-as-orientacoes-e-deixou-sua-marca-na-plaquinha

Cléo ouviu as orientações e deixou sua marca na plaquinha.

Cléo foi uma das mulheres que passou pela feira de saúde da mulher, organizada pela Igreja Adventista do Sétimo Dia (IASD) para as regiões central e norte do Espírito Santo , na orla da praia de Camburi, em Vitória, no domingo (16). Foi possível receber orientações nutricionais, fazer testes de glicemia, aferir a pressão e calcular o Índice de Massa Corporal (IMC). Uma equipe de enfermagem também explicou a importância do protetor solar e da água para saúde.

Dicas que a participante Maristela Lupi, que também é enfermeira, vai levar para o seu dia a dia. “ Nós precisamos destas orientações para ter uma vida melhor, para ‘desinfartar’ os hospitais de tantas doenças. Espero que isso se repita mais vezes, pois nós estamos carentes de uma educação de saúde”, comentou.

mulheres-aprendem-como-fazer-o-auto-exame

A técnica do banco de leite, Stephania Demarchi, deu dicas sobre o auto exame.

O principal estande do evento falava sobre a importância e a forma ideal de realizar o autoexame. Uma técnica de enfermagem do banco de leite do Hospital das Clínicas do Espírito Santo explicava, com a ajuda de um manequim, como fazer o teste nas mamas. “ As mulheres brasileiras não têm o costume de fazer o autoexame. É preciso conscientizar que, através dele, dá para notar o nódulo quando ele ainda está do tamanho de um caroço de arroz, porque a mulher passa a conhecer sua mama. Mulheres que não fazem, geralmente, descobrem o nódulo do tamanho de uma azeitona, que é um câncer mais avançado”, explicou a técnica Stephania Demarchi.

mulheres-sujaram-a-mao-de-tinta-rosa-e-deixaram-em-plaquinhas-na-orla-da-praia

Mulheres marcaram a palma da mão em alusão ao autoexame da mama.

No fim dos atendimentos, as mulheres eram convidadas a sujarem a mão de tinta rosa e marcarem numa plaquinha de madeira. Além da marca, elas deixavam o nome ou um recado para conscientizar outras mulheres. As placas foram fincadas na orla da praia.

Segundo o Instituto Nacional de Câncer (Inca), em 2016, estima-se que mais de 57.960 novos casos apareçam no país. Só em 2013, mais de 14 mil pessoas morreram em decorrência da doença. “ Nós entendemos que temos o papel de alertar a população sobre esse mal, trazendo informação e a possibilidade de conferir itens básicos de saúde que podem prevenir um problema maior”, explicou o líder de saúde da IASD Centro e Norte do ES, Paulo Furtunato.

A feira foi destaque em dois jornais locais, veiculados na TV Gazeta (afiliada da Globo no Espírito Santo), o Bom Dia ES e ESTV 1ª Edição. [Equipe ASN, Ayanne Karoline]

Confira um resumo do que foi a feira:

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox