Notícias Adventistas

Família vence Covid-19 e participa de caminhada no Maracanã

A iniciativa da caminhada ‘Mexa-se pela Vida’ em volta do Maracanã foi do Departamento de Saúde da Igreja Adventista na região Central do Rio.

Por Fabiana Lopes 5 de julho de 2021
Pessoas com roupa esportiva na rampa do Estádio Maracanã

Dezenas de pessoas participaram da caminhada Mexa-se pela Vida no Maracanã no último domingo, 4.

A caminhada ‘Mexa-se pela Vida’ aconteceu no último domingo (4), nos arredores do Maracanã, Estádio Jornalista Mário Filho. Começou às 8h da manhã com o alongamento do grupo feito por Ronaldo de Jesus, professor de educação física. Antes da caminhada, os participantes tirararam dúvidas e receberam orientações sobre vacinação, cuidados de saúde e higiene para evitar o contágio da Covid-19.

O percurso de 6 km teve a participação de adultos, idosos, jovens, adolescentes e crianças. “A ênfase da iniciativa é mostrar a importância que o exercício físico tem para a saúde, principalmente neste momento de pandemia. Além de manter uma alimentação equilibrada, com frutas, legumes e vegetais, o uso da água, repouso entre outros”, esclarece o pastor João Custódio, que lidera o departamento de Saúde nesta região do Rio de Janeiro.

Exercício físico é um dos oito remédios naturais que a Igreja Adventista incentiva a todas as pessoas a colocar em prática para desenvolver uma melhor saúde física, mental e espiritual. Na lista completa estão: ar puro, luz solar, água, repouso, alimentação equilibrada, temperança, confiança em Deus e o exercício físico.

Leia também: Desbravadora pede doação de alimentos como presente de aniversário

Segundo o pastor Custódio, a ideia é estender o projeto para que uma vez por mês a caminhada aconteça reunindo cada vez mais pessoas no local. “Incentivamos dezenas de pessoas na prática de exercícios físicos durante todo o mês, pois ajuda inclusive, na recuperação de doenças”, descreve.

Família vence Covid-19 e muda estilo de vida

Homem pardo de óculos, mulher parda cabelos castanhos compridos e boné preto e moça parda de cabelos castanhos compridos posam com a Lagoa Rodrigo de Freitas ao fundo.

Laudemar, Juscieny e Eny Carolina fazem exercícios semanalmente em vários pontos do Rio. Foto: Arquivo pessoal

A família Silva também participou da caminhada no Maracanã. Eles destacam a importância do exercício físico e reeducação alimentar para manter a saúde. Laudemar Silva, de 42 anos, contraiu a Covid-19 dois dias após tomar a primeira dose da vacina e precisou ser internado no dia 1 de junho.

“Foram 10 dias de internação, mas graças ao apoio de amigos, pude manter a fé em Deus, que estava cuidando de mim e da minha família. Seguindo o conselho do pastor Alexandre Lopes, eu cantava muito, todos os dias. Isso fortaleceu a minha fé em Deus e me manteve bem emocionalmente, pois esta doença abala muito a saúde emocional”, destaca Silva.

Juscieny e Eny Carolina, esposa e filha de Laudemar, também tiveram a doença, mas não precisaram ficar internadas. Toda a família está praticando exercícios físicos regularmente e fazendo reeducação alimentar; incluindo mais frutas, legumes, verduras, ingerindo água entre as refeições e evitando ingerir alimentos gordurosos e açúcares em geral.

“Antes eu tinha o hábito de beliscar o dia inteiro. Agora faço as três refeições de forma equilibrada e isso tem me ajudado muito, já perdi onze quilos e vou continuar assim para ter minha saúde restaurada por completo”, afirma Laudemar.

Saúde em Pauta

Há algumas semanas, o departamento de Saúde da Igreja Adventista na região Central do Rio de Janeiro deu início a uma série de lives, toda sexta-feira, no canal do YouTube Adventistas Rio, a partir das 19h35. As lives trazem informações de saúde por profissionais da área com um momento especial do ‘Profissional na Mira’, onde os internautas participam pelo chat enviando suas perguntas, que são respondidas ao vivo.

Assista um dos episódios e acompanhe a programação do canal ativando as notificações:

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox