Notícias Adventistas

Estilo de Vida

De forma híbrida, baianos agradecem a Deus por meio das Primícias

Para atender ao público que não pôde acompanhar presencialmente, uma edição online da Semana Crescendo em Graça foi transmitida.


  • Share:

 

Pastor Osias em programa das Primícias, na Igreja Adventista Central de Barreiras

A Semana Crescendo em Graça aconteceu presencialmente em muitas igrejas, dos dias 10-13 de março, no sudoeste e oeste da Bahia. A ênfase da semana foi a realização do projeto das Primícias: celebração que aponta para a tradição judaica, quando o povo de Israel dedicava ao Senhor os primeiros frutos das colheitas.

A entrega das Primícias tem base no princípio de entregar a Deus o primeiro lugar na vida, em gratidão. Após o programa, os alimentos expostos são separados para doação a pessoas em situação vulnerável.

As igrejas que celebraram as Primícias presencialmente, o fizeram no sábado, dia 13 de março. Mais de 60 congregações realizaram o programa, no sudoeste e oeste baiano.

Primícias na Igreja Central de Jardim das Acácias (foto: colaboração)

Pastor Daione Rodrigues, líder de Mordomia Cristã da região 3 e 4, afirma que o impacto espiritual do projeto das Primícias tem sido presente na região oeste da Bahia: “Muitas coisas querem tomar o primeiro lugar em nosso coração. Entre elas, o trabalho, família, posses, pessoas, relacionamentos. A festa bíblica das Primícias nos ensina quem deve ser de fato o primeiro. Essa festa se cumpre em Cristo, quando Ele ressuscita. Que Jesus ressuscite em nós o desejo de amá-lo acima de tudo.”

Pastor Hudson Uchôa, líder do Ministério de Mordomia Cristã das regiões 1 e 2, afirma que a participação no projeto das Primícias, à exemplo do antigo Israel, contribui para o crescimento espiritual das famílias da igreja: “O reconhecimento de que o Senhor deve ocupar o primeiro lugar em todas as áreas da nossa vida, nos coloca no centro da vontade de Deus e eleva nossos olhos para a Eternidade. Viver com o coração nas mãos de Deus, nos consagra para atuar pelo Reino, em fidelidade e amor para com Deus, e no serviço pelos nossos semelhantes. Assim, após dedicar ao Senhor o primeiro lugar, com a demonstração de nossa fidelidade, encorajamos a igreja a levar os frutos da terra às pessoas carentes de nossas comunidades”.

Pastor Hudson Uchôa, pastor Alex Rúben e anciãos, na Festa das Primícias da Igreja Adventista do Bairro Brasil, em Vitória da Conquista. (Foto: Érika Uchôa)

Na Igreja do Bairro Brasil, em Vitória da Conquista, o Projeto das Primícias aconteceu em três cultos, para que a igreja funcionasse com 30% de capacidade em cada um deles, conforme decreto restritivo.

Mario Pereira, ancião da Igreja do Bairro Brasil, afirma que sua igreja viveu o projeto das Primícias de maneira muito intensa: “Adoramos a Deus em dois cultos pela manhã, e à tarde, um lindo culto para juventude. Deus foi honrado e a visão sobre gratidão foi expandida, em minha família e em toda a igreja. Tivemos o privilégio também de entregar todas as frutas e verduras, ao final da celebração, para duas instituições que apoiam pessoas necessitadas”, disse.

Para atender ao público que não pôde ir à igreja, em virtude dos decretos restritivos do Governo do Estado da Bahia durante a pandemia da COVID-19, uma edição online da Semana Crescendo em Graça foi preparada, com transmissão a partir do estúdio da sede administrativa da Igreja Adventista na cidade de Vitória da Conquista, a Missão Bahia Sudoeste. O programa das Primícias aconteceu no horário do pôr do sol, dia 12 de março.

Programa das Primícias transmitido a partir do estúdio, para centenas de famílias, que também organizaram a celebração em seus lares. (Foto: Érika Uchôa)

O orador do programa foi o pastor Hudson Uchôa. A Semana contou ainda com a participação dos administradores da Missão Bahia Sudoeste: pastor Eliezer Júnior, presidente; pastor Osias Rodrigues, secretário; pastor Laércio Costa, tesoureiro. Pastor Jeferson Nunes, líder do Ministério de Publicações e pastor Dione Silva, líder do Ministério Pessoal e Evangelismo, também se envolveram no programa.

Muitas famílias que acompanharam as transmissões desta programação pela internet, realizaram a dedicação das Primícias nos lares. As famílias prepararam seu espaço de adoração e ofereceram sua gratidão a Deus. Foram encorajadas a entregar parte dos frutos da terra, para ajudar outras famílias necessitadas.

Pr. Eliézer Júnior, presidente da Missão Bahia Sudoeste, traz reflexão importante sobre o cuidado de Deus durante pandemia, no programa das Primícias. (foto: colaboração)

O pastor Eliezer Júnior, trouxe uma importante reflexão, durante sua participação no programa: “É nesse momento de crise que a igreja precisa sair das quatro paredes. Existem famílias, da igreja e fora dela, que estão precisando de ajuda. É agora que a igreja deve ser mostrar relevante, chegando junto dessas famílias. Precisamos levar para elas, o melhor que nós temos. E nós temos Cristo! Precisamos agora levar para os nossos irmãos o conforto, uma ajuda espiritual e material. É nesse momento que a igreja precisa atuar. Não apenas falar, mas demonstrar o cristianismo de maneira prática. Cristo precisa estar em primeiro lugar em nossa vida, para podermos apresentar esse Cristo às outras pessoas”, comentou.

“Para sermos cristãos, precisamos praticar o cristianismo. Esse momento de entrega que fazemos, das Primícias, precisa revelar o que está no mais profundo do coração. O que estamos fazendo não é o programa em si. É a entrega completa do coração no altar do Senhor, para que nós possamos ser uma bênção para a os outros. Porque somos cristãos para quê? O cristão precisa estar à disposição de Deus para fazer a vontade dEle nesta terra”, completou o pastor Laercio Costa.

 

Confira mais fotos, acessando a galeria.