Notícias Adventistas

Crescimento da fidelidade apesar da crise financeira

Relatório financeiro apresentado na Comissão Diretiva mostra que, embora haja crise econômica em muitos países, há crescimento da fidelidade.

Por Felipe Lemos 20 de maio de 2019

O relatório da Tesouraria da sede sul-americana da Igreja Adventista do Sétimo Dia traz desafios e boas notícias sobre crescimento da fidelidade. As informações divulgadas na Comissão Diretiva Plenária, no domingo, 19, reforçam um conceito importante. Trata-se da ideia de desenvolver a regularidade na devolução dos dízimos e ofertas. Uma das principais questões apresentadas foi a aplicação correta dos recursos de acordo com o que está previsto na Bíblia e os escritos de Ellen White.

Leia também:

Dizimistas regulares

Fidelidade a Deus, expressa na devolução dos dízimos, cresce segundo o relatório. Foto: Shutterstock

Pontos positivos chamam a atenção. O relatório evidenciou que, desde 2015 até 2018, houve uma evolução do percentual de dizimistas regulares no território sul-americano de 22,94%. Isso ocorre apesar de uma conjuntura marcada por crises econômicas em todos os países atendidos pela Divisão Sul-Americana. Houve perdas significativas quanto ao crescimento dos dízimos e ofertas de maneira geral em virtude de fatores, por exemplo, como o desemprego crescente.

“Há um espaço muito importante para crescermos com o desenvolvimento de uma cultura de conscientização a respeito da regularidade na devolução de dízimos e ofertas”, comentou o pastor Marlon Lopes, diretor financeiro da sede sul-americana adventista.

Outro dado importante foi o crescimento dos dízimos devolvidos por meio do uso do aplicativo 7 me, uma plataforma de gerenciamento das informações dos membros adventistas. O aplicativo foi idealizado com a intenção, também, de fortalecer a ideia de transparência e acesso aos dados. Lançada há pouco tempo, a ferramenta já registra um incremento na ordem de 15,45% na comparação entre os meses de fevereiro e março deste ano. O histórico do aplicativo vem dede outubro do ano passado e diz respeito especificamente ao Brasil, onde seu uso já está consolidado.

De todos os recursos devolvidos na igreja, aqueles trazidos por meio do aplicativo representam já 1,87% do total. Demonstra que há possibilidade de crescimento do uso desta plataforma.

Idade e tempo de batismo X dízimos

Há alguns desafios a serem enfrentados pela organização. Um deles é ter mais jovens como dizimistas regulares. Isso se dá porque, conforme os indicadores do relatório, quanto mais aumenta a maturidade e a vivência na igreja, a tendência é por uma maior fidelidade.

Quando o assunto é tempo de batismo, os números da Tesouraria apresentam outros indicadores importantes. Lopes observou que há uma maior regularidade relacionada ao tempo de permanência na Igreja Adventista do Sétimo Dia.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox