Notícias Adventistas

Jovens adventistas realizam trabalho voluntário na Rocinha

Rocinha é uma das maiores comunidades do gênero do mundo e lá os adventistas marcam presença com ações comunitárias.

15 de setembro de 2015
Ação voluntária movimenta a favela da Rocinha

Ação voluntária movimenta a favela da Rocinha

Rio de Janeiro, RJ… [ASN] Os moradores da Rocinha, a maior comunidade vertical do mundo com aproximadamente 220 mil habitantes (segundo as lideranças de lá), foram beneficiados com diversas atividades sociais no último final de semana. As atividades envolveram o projeto Comunitá-RIO,  Coral 180 graus do Rio de Janeiro e os jovens do projeto Um Ano em Missão que também foram voluntários na ação que prestou diversos serviços gratuitos como corte de cabelo, orientações médicas, jurídicas, orientação odontológica, dermatológica, cuidado com animais, brincadeiras, entre outras atividades .

O domingo foi agitado na Rocinha, pois centenas de famílias se direcionavam até o local em que eram oferecidas as atividades.

Raimunda Nascimento aproveitou para fazer um check-up completo, coisa que não acontece toda a hora. “ O projeto foi muito bom, veio na hora certa. Precisava de atendimentos de saúde e consegui resolver muita coisa , graças ao trabalho voluntário dos adventistas. Parabenizo essa equipe”, comenta satisfeita a moradora.

O coordenador do programa, Harison Marques, não imaginava que seria grande o número de voluntários na ação e se surpreendeu com o resultado. “Fiquei feliz com a quantidade de voluntários no projeto. Com certeza, queremos levar esperança de um mundo melhor para essas pessoas carentes do amor de Jesus”, concluiu Marques.

História

A região conhecida como Rocinha se destaca por ser a maior comunidade do gênero do Brasil e, conforme os dados oficias, tem apenas 70 mil habitantes. A região passou a ser considerada um bairro e foi delimitada por uma lei da cidade do Rio de Janeiro. A comunidade se localiza entre os bairros da Gávea e São Conrado , dois dos bairros com o imposto sobre a propriedade predial e territorial urbana mais alto da cidade; além da região do Vidigal .

No dia 13 de novembro de 2011, a Rocinha foi cenário de uma grande operação conduzida pelas forças armadas brasileiras e pelas polícias do estado. O objetivo foi a retomada do território das mãos dos traficantes de drogas Em 20 de setembro de 2012,  a comunidade passou a ser atendida pela 28° Unidade de Polícia Pacificadora do Governo do Estado do Rio de Janeiro com o efetivo de 700 policiais. A comunidade possui 80 câmeras de vigilância para ajudar os policiais na segurança da comunidade. [Equipe ASN, Dina Karla Miranda]

Acompanhe a reportagem da TV Novo Tempo:

 

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox