Notícias Adventistas

Acampamento de Desbravadores tem foco no Setembro Amarelo em Brasília

A programação vai incentivar o público a desde cedo tomarem decisões baseadas em princípios e valores e despertar o senso de empatia e solidariedade

Por Rafael Brondani 11 de setembro de 2020

Acampamento On-line vai reunir mais de 5 mil Desbravadores. (Foto: Rafael Brondani)

Em tempo de pandemia, onde o contato físico deve ser evitado, a criatividade precisa ser exercida. Pensando nisso, um acampamento on-line vai reunir mais de 5 mil desbravadores entre os dias 11 e 13 de setembro. Desbravadores são meninos e meninas com idades entre 10 e 15 anos, de diferentes classes sociais, cor e religião, que reúnem-se, em geral, uma vez por semana para aprender a desenvolver talentos, habilidades, percepções e o gosto pela natureza.

Intitulado “Alegria em Servir”, a programação será transmitida de um estúdio caracterizado, de forma lúdica, com um cenário que lembra um acampamento, tornando a experiência única e muito divertida para os participantes. O encontro vai incentivar o público a tomar decisões baseadas em princípios e valores, além de incentivar o voluntariado e despertar nos jovens o senso de solidariedade.

Do outro lado do estúdio, cada desbravador deve montar uma barraca em casa, seja no quarto, na sala, no quintal ou outro cômodo. Isso vai tornar a experiência ainda mais relevante. Durante a programação, diversos desafios serão lançados, por exemplo: cada um dos cinco mil participantes devem escrever uma carta que será entregue a famílias de presidiários, juntamente com uma cesta básica. Eles também serão desafiados a realizar ações sobre a prevenção ao suicídio.

O ponto alto da programação, que acontece durante toda a semana que antecede o acampamento é uma alusão ao Setembro Amarelo, que inspirou os desbravadores e líderes a usarem um lenço, símbolo do grupo, que vestiu o pescoço de muitos jovens, inclusive em seus locais de trabalho. A iniciativa faz parte da Semana do Lenço, um movimento com propósitos sociais para chamar a atenção das pessoas para a campanha Setembro Amarelo, mobilização da sociedade civil que ocorre durante todo o mês de setembro pela prevenção do suicídio, promovida no Brasil pelo Centro de Valorização da Vida, Conselho Federal de Medicina e Associação Brasileira de Psiquiatria. A ação também comemora o Dia Mundial dos Desbravadores.

O líder dos Desbravadores para Brasília e Entorno, Hofni Gomes, ressalta que o objetivo é despertar nos juvenis e adolescentes o senso de servir as pessoas. “Queremos despertar nessa geração o senso de serviço. Eles devem ser motivados a servir as pessoas, ajudá-las r atendê-las. E serão encorajados a fazer isso não por obrigação, mas pelo prazer de beneficiar o próximo”, pontua Hofni. Ele ainda destaca que o grupo será desafiado a fazer em casa as atividades que costumam realizar nas reuniões presenciais. “Eles vão montar barracas, cozinhar para os pais, que é uma maneira de interagir com a família, terão desafio com a especialidade de nós, em que cada um vai montar uma miniatura de portal, um móvel de acampamento, coisas que eles aprendem em nosso clube. Será muito bom para eles relembrarem”, conclui o líder.

Samuel Sarracena, de 11 anos, é membro do clube Águia do Cerrado, de Águas Lindas de Goiás. Ele tem grandes expectativas quanto ao evento. “Gostaria que fosse em meio à natureza, mas devido à pandemia, infelizmente isso não será possível. Mesmo assim acredito que vai ser muito legal”, comemora o juvenil.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox