Notícias Adventistas

Voluntários brasileiros no Egito pedem ajuda aos moradores do Brasil

“Ajude estudantes egípcios a manter vivo o sonho de educação” é a chamada da campanha online que termina no dia 12 de abril.

31 de março de 2014
Voluntarios-brasileiros-no-Egito-pedem-ajuda-aos-moradores-do-Brasil3

Dinheiro arrecadado com campanha ajudará a manter instituição em funcionamento

Cairo, Egito… [ASN] Uma campanha internacional de arrecadação de fundos foi criada para ajudar o pequeno internato adventista localizado na Grande Cairo, no Egito. O Nile Union Academy (NUA) atende, em sua maioria, jovens de famílias pobres do Alto Egito e do Sudão do Sul. Em 2014, o NUA completa 60 anos de existência. O único internato adventista no Egito funciona graças ao trabalho de missionários e voluntários de vários lugares do mundo, sendo mantido basicamente por doações diretas e indiretas.

Para mantê-la em funcionamento e finalizar o ano letivo em 2014, a instituição está em um campanha online para arrecadar $30 mil dólares, que será encerrada no dia 12 de abril. O indiegogo é a plataforma de arrecadação de fundos virtual utilizada, sendo possível realizar doações de qualquer lugar do mundo por meio de um cartão de crédito internacional.

Cada dólar arrecadado vale por 3

Voluntarios-brasileiros-no-Egito-pedem-ajuda-aos-moradores-do-Brasil2

Um dos objetivos com os recursos que ultrapassarem o alvo inicial é construir um novo refeitório. Hoje ele atende 100 alunos, mas tem apenas 36 lugares

Uma semana após o lançamento da campanha, o NUA recebeu o contato de uma pessoa que fará uma doação especial. Ele doará $2 dólares a mais para cada dólar arrecadado. Ou seja, a cada $10 dólares serão, na verdade, $30.

Os professores brasileiros Marcos e Ana Paula Lima, do Centro Universitário Adventista de São Paulo, campus São Paulo, estão trabalhando como professores voluntários no Nile Union Academy. Além da atuação na escola, o casal é responsável pela coordenação do projeto de criação do ministério dos Desbravadores no país a partir deste colégio. “Estamos pedindo ajuda aos amigos e familiares porque sabemos que as pessoas que mais se engajam em projetos como este são as que estão mais perto de nós. Estamos vivendo as necessidades deste lugar e muitas delas passam por recursos financeiros. Quando recebemos a notícia deste generoso doador, intensificamos a divulgação. Cada dólar vale três vezes mais agora”, enfatiza Ana Paula Lima.

Voluntarios-brasileiros-no-Egito-pedem-ajuda-aos-moradores-do-Brasil

Ana Paula e Marcos Lima estão no Egito como professores voluntários

O casal conta com o apoio e participação dos amigos do Brasil para multiplicar os resultados da campanha, que até o momento arrecadou $9,115 dólares. “Seria uma bênção recebermos mais do que o nosso alvo inicial. Poderíamos construir um refeitório novo, que hoje tem apenas nove mesas com 36 lugares para mais de 100 alunos internos. No entanto, se chegarmos a $10 mil dólares arrecadados, receberemos $30 mil no final, alcançando nosso alvo inicial. Estamos quase lá”, conclui Lima.

Conheça mais sobre o projeto no vídeo abaixo. Para fazer sua doação, clique aqui [Equipe ASN, da redação]

 

Notícias Relacionadas


Comentários

WordPress Image Lightbox