Notícias Adventistas

“Viajante do tempo” explica histórias bíblicas em Colégio Adventista

Semana da Bíblia no CAF-E teve 20 cenários bíblicos e o aluno Bruno Kuntze contou essas histórias para os demais estudantes

2 de março de 2017

Bruno Kuntze interpretou um viajante no tempo que passou por diversas histórias bíblicas

Florianópolis, SC… [ASN] O incentivo a leitura da Bíblia é uma realidade no Colégio Adventista de Florianópolis – Unidade Estreito (CAF-E). A unidade de ensino da Associação Catarinense (IASD centro sul de SC) teve uma criativa ideia na semana da Bíblia, realizada na última semana. A escola espalhou 20 cenários bíblicos em seu prédio, onde os estudantes podiam ouvir as histórias através de um “viajante do tempo”.

“Convidamos o Bruno para contar as histórias bíblicas e ele criou esse viajante do tempo. Ele próprio que criou o personagem e desenvolveu as explicações”, explica Gisele Freitas, vice-diretora – CAF-E. “Eu procurei usar algo moderno que as crianças poderiam gostar. As próprias mídias usam deste tipo de ferramenta para chamar a atenção. Então eu utilizei a cultura de hoje para despertar o interesse”, acrescenta Bruno Kuntze, de 12 anos.

Foi a primeira vez que o colégio usou deste método e o recurso foi bem aceito: “As crianças interagiram mais e a história está sendo contada por uma outra criança. Isso está sendo uma novidade e incentivando o interesse”, diz Lacy Bubna, diretora do CAF-E. “As crianças precisam ser estimuladas e em alguns momentos até provocadas positivamente. E o fato delas verem uma arca de Noé, por exemplo, será uma motivação a mais para conhecer a Bíblia com completo”, ressalta o pastor Augusto Medeiros, capelão – CAF-E.

Cada classe escolar passeou pelos 20 cenários com a explicação criativa do “viajante do tempo” e ao final eles conheceram a história de Jesus. “A Bíblia sem Jesus não é Bíblia. Jesus é fundamental porque Ele deu a vida por nós. Ele é o autor da Bíblia”, explica o pastor Augusto. “Eu acho importante Jesus na minha vida porque Ele é o nosso Salvador, Ele morreu na cruz pra salvar a gente e pra gente ter a vida eterna no céu. Ele tá construindo uma morada pra gente no céu e eu acho Ele muito importante”, conta Emilly Souza de Andrade. [Equipe ASN – Daniel Gonçalves]

 

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox