Notícias Adventistas

“Vai torná-los cidadãos mais conscientes”, diz coordenador do projeto #SaiZika

Crianças recebem educação sobre prevenção de doença e ensinam comunidade a combater o mosquito Aedes aegypti no leste e norte de São Paulo.

24 de fevereiro de 2016
Alunos do Colégio Adventista de Vila Nova Cachoeirinha são orientados sobre a campanha. (Foto/divulgação)

Alunos do Colégio Adventista de Vila Nova Cachoeirinha são orientados sobre a campanha. (Foto/divulgação)

São Paulo, SP … [ASN] Ao menos 22 países apresentam a circulação do zika vírus. De acordo com a última estimativa da Organização Pan-Americana da Saúde (Opas), em janeiro deste ano, entre 3 a 4 milhões de pessoas devem ser infectadas pelo vírus em 2016 no continente americano. Dos casos, 1,5 milhão devem ser registrados no Brasil. O contágio é realizo por meio da picada do mosquito Aedes Aegypti, também transmissor da dengue e chikungunya.

Leia mais 
Médico adventista tira dúvidas sobre o zika vírus 

Em combate a proliferação do mosquito, os colégios adventistas lançaram a campanha #SaiZika. “O objetivo é promover por meio de ações educativas os cuidados que a população deve ter em casa para combater a multiplicação do Aedes aegypti”, explica o coordenador da Educação Adventista para o leste e norte da capital, professor João Araújo.

Educação na escola

De acordo com o coordenador, todos os alunos passaram por no mínimo uma semana de aula e palestras educativas sobre o tema. “Alguns não têm essa educação em casa e prepará-los agora vai refletir no lar com pais mais conscientes. Na nova geração, isso vai torná-los cidadãos mais conscientes com filhos mais conscientes e por resultado, uma comunidade instruída”, acredita.

Ações com o foco na Comunidade

Com o surto da doença, atitudes que enfatizam a prevenção e eliminação do foco do mosquito de imediato também se tornou o objetivo dos colégios. Confira algumas ações realizadas pelos alunos:

 

[Equipe ASN, Michelle Martins]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox