Notícias Adventistas

Instituição adventista oferece 1ª graduação voltada para startups do Brasil

Curso tem foco no desenvolvimento e gestão de startups, área que cresce no Brasil e no mundo.

Por Aira Annoroso e Mairon Hothon 15 de outubro de 2019

Crescimento tecnológico tem possibilitado aumento de vagas de emprego na área (Foto: Divulgação)

Nos setores da economia brasileira que tentam retomar o crescimento, existe um obstáculo a ser vencido na hora de contratar funcionários: a requalificação. Entre as vagas que estão surgindo, de acordo com estudos da Confederação Nacional da Indústria (CNI), a tecnologia é a base para todas as operações. Para os candidatos que buscam uma nova oportunidade por meio da graduação, o Centro Universitário Adventista de São Paulo (Unasp) oferece três novos cursos no campus da capital paulista: Tecnólogo em Gastronomia, Tecnólogo em Desenvolvimento e Gestão de Startups, e Tecnólogo em Gestão de Tecnologia da Informação.

Os que já são formados na área de informática, mas gostariam de aprimorar o conhecimento, também podem optar pelo MBA em Gestão de Tecnologia da Informação, oferecido desde 2017.

Leia também:

Startups

Uma das novidades deste ano no Unasp é o curso de Tecnologia em Desenvolvimento e Gestão de Startups, considerado o primeiro do Brasil desta categoria. Uma área que tem crescido tanto e que já rende altos investimentos como atesta os dados da Associação de Investimento de Capital Privado na América Latina (LAVCA), que totalizouUS$ 2,6 bilhões em startups latino-americanas.

Curso de Tecnologia em Startups é o primeiro do gênero no país e forma candidatos para atuar no que é mais moderno no mercado de trabalho (Foto: Divulgação).

Considerado o 13º melhor ‘ecossistema do mundo’ para startups, segundo pesquisa do Instituto Startup Genome, o Brasil, junto à Colômbia e México, representam 91,9% dos dólares investidos na região durante o primeiro semestre deste ano, e 84,9% dos negócios fechados entre investidores e fundadores. O objetivo das startups, empresas emergentes que em muitos casos têm base tecnológica, é criar ou melhorar um modelo de negócios.

“O fenômeno é recente, está em alta, renovando mercados e desafiando modelos existentes. O mercado digital hoje é muito diferente do tradicional. Ele foca em empresas e negócios rápidos”, explica o coordenador do novo curso, Gustavo Caetano.

Existem startups nas diversas áreas como Finanças (fintech), Educação (edtechs), Alimentação (foodtech), entre outras. De acordo com Caetano, é possível criar inovação em qualquer ramo de negócio. “O mercado de trabalho para quem se formar nessa área é muito grande, haja vista que diversas empresas precisam de startups para o desenvolvimento de aplicativos, soluções de softwares e tecnologia de forma geral. Esse movimento tem sido tão forte que as empresas tradicionais estão comprando startups e formando departamentos específicos só para elas atuarem”, revela.

As inscrições para o curso tecnólogo estão abertas e o vestibular nacional acontece no dia 27 deste mês (Foto: Divulgação)

As disciplinas do curso de Desenvolvimento e Gestão de Startups estão baseadas em quatro grandes áreas: hustler, com questões voltas para gestão financeira; hipster, que aborda a parte de design por meio do user experience (UX) e user interface (UI), além de técnicas de empatia em relação ao cliente; hacker, que trabalha disciplinas técnicas de tecnologia em si, como desenvolvimento de software e códigos; e hyper, com disciplinas sobre marketing, marketing digital e que dará conhecimentos ao estudante sobre growth hacking, uma forma diferente de fazer a venda de produtos focada no crescimento rápido da empresa.

O Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) não será no modelo tradicional. Por meio dos conhecimentos obtidos em tecnologia, gestão financeira, marketing e design, o aluno fará um trabalho de forma prática, montando uma startup. Ao se formarem, poderão dar continuidade às startups criadas, aquecendo ainda mais o mercado de trabalho do País. O modelo Tecnólogo é uma graduação e confere diploma de ensino superior, assim como o bacharelado.

Gastronomia 

Curso de Tecnólogo em Gastronomia é outra novidade no hall de cursos para o vestibular deste ano (Foto: Divulgação)

Outra novidade é o curso de Tecnólogo em Gastronomia, que tem em sua matriz curricular disciplinas práticas voltadas à atuação profissional na cozinha, com o desenvolvimento de pratos e receitas realizadas pelo gastrônomo, além de conhecer o mercado de trabalho e poder abrir seu próprio negócio. Segundo levantamento da Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel), o setor alimentício representa 2,4% do PIB brasileiro e 35% do PIB do turismo.

Com duração de dois anos e meio, está baseado em aulas teóricas e práticas com estágio e grupos de estudos a partir do primeiro semestre. As mensalidades custam R$ 845,50 para pagamentos em dia, com 60 vagas por semestre em aulas noturnas que acontecem no campus do bairro Capão Redondo, zona sul da capital paulista.

O vestibular nacional deste ano acontece no dia 27 de outubro, das 14h às 16h30, nos diferentes pontos de prova. Para mais informações sobre o vestibular, ligue para o telefone (019) 3858-5119 em horário comercial ou acesse unasp.br

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox