Notícias Adventistas

Treinamento jurídico capacita funcionários da APaC

Por Amanda Januário 24 de setembro de 2021

Pelo segundo ano consecutivo, o evento veio com a proposta de discutir temas sensíveis e necessários  

O Departamento de Educação em parceria com Jurídico da Associação Paulista Central (APaC), promoveu a segunda edição do Conjur nessa terça-feira (21). O encontro teve como objetivo orientar os funcionários a lidar com determinadas questões envolvendo a rotina de trabalho.

O projeto nasceu diante da percepção que orientar e treinar os servidores é um dos melhores caminhos para evitar crises nas rotinas de trabalho. “Entendemos que qualificar, capacitar é a melhor estratégia”, alega Dr. Cérley Azevedo, advogado geral das igrejas adventistas na região.

Participaram do evento funcionários da educação e da sede administrativa da igreja na região central do estado de SP

Palestras  

Esse ano, as conversas foram voltadas para temas mais sensíveis. O professor Heber Ceribelli, departamental de educação, palestrou sobre a evolução geracional e sobre o impacto da geração Alpha na sociedade contemporânea. Em seguida,  A Dra. Meire Fava, docente e participante ativa em gestão escolar, pedagógica e jurídica ministrou a palestra sobre “A Educação Inclusiva e seus aspectos práticos”.

A parte da tarde, foi dedicada a verificar duas questões especificas. A primeira se concentrou em debater sobre “Danos morais no ambiente de trabalho, dirigida pelo advogado da casa, Dr. Cérley Azevedo. O principal foco da palestra foi esclarecer e preparar os funcionários a identificar situações de assedio e danos morais.

A segunda exposição, ministrada por Dr. Eder Faustino, responsável jurídico das igrejas adventistas do estado de São Paulo, argumentou sobre “O novo escritório jurídico e a gestão de risco”. O discurso buscou apontar melhores táticas frente as complexibilidade organizacionais.

Palestrantes do II Conjur da APaC (a esquerda da foto,  Dr. Eder Faustino, seguido pela Dra. Meire Flávia,  Dr. Cérley Azevedo e Prof. Heber Ceribelli)

Valor agregado

Para Azevedo, a capacitação dos colaboradores faz com que os mesmos se sintam mais seguros e assertivos, além de gerar mais produtividade. Segundo ele, “Congressos de capacitação como este, permitem que mais pessoas, possam ter contato com o Reino de Deus, arrastadas pelo bom exemplo que transmitimos ao nos apresentar em conformidade com as leis vigentes”. Contribuindo positivamente para o andamento da instituição.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox