Notícias Adventistas

 Simulado prepara alunos da Educação Adventista para vestibulares

Cerca de três mil estudantes participaram de prova, que visa o fortalecimento pedagógico.

Por Rafael Brondani 8 de novembro de 2019

Aproximadamente três mil alunos da Rede Adventista de Educação de Brasília e entorno participaram de um simulado. (Foto: Maiara Matsuda)

Na última segunda-feira, 04, aproximadamente três mil alunos da Rede Adventista de Educação de Brasília e entorno participaram de um simulado voltado ao ENEM e ao Programa de Avaliação Seriada (PAS), um processo seletivo da Universidade de Brasília (UNB) realizado ao longo dos três anos do ensino médio regular.

As atividades acontecem bimestralmente simulando os dois principais exames aplicados no DF: ENEM e PAS. Todas as avaliações são preparadas segundo a matriz curricular que as rege, incluindo Proposta de Redação corrigidas segundo os critérios exigidos por cada banca.

De acordo com Léia Wohlers, coordenadora do Ensino Fundamental II e Médio da Rede Adventista de Educação de Brasília e entorno, o simulado é voltado para o fortalecimento pedagógico, sendo que a prova para o 6º ao 9º ano tem conteúdo do Fundamental II e é voltado para o currículo da Educação Adventista, com ênfase para o que o aluno aprendeu no quarto semestre. “Temos quatro simulados por ano. O simulado do Ensino Médio é voltado para o PAS, eles são preparatórios para a UNB. Tem questões específicas do padrão UNB e do Ensino Médio com conteúdo voltado ao PAS. O Ensino Fundamental também tem um simulado bimestral. São dois durante o ano voltados ao nosso currículo preparatório para o ENEM e dois voltados ao PAS da UNB”, explica a coordenadora.

Ferramenta e estratégia

Ao todo, 1.900 alunos do Ensino Fundamental e mil alunos do Ensino Médio realizaram a prova. Uma das Escolas Adventistas que participou da iniciativa foi a de Planaltina. Para a coordenadora Jarlene Moia, o simulado é uma das ferramentas mais importantes em estratégia de preparo para o vestibular, pois ensina os estudantes a terem disciplina. “Os alunos dão um feedback do seu desempenho em cada matéria, aprendem a gerenciar o tempo e adquirem uma resistência mental e até física, pois eles precisam ficar bastante tempo sentados e focados na resolução das questões”, destaca.

A professora ainda ressalta que os resultados servem posteriormente para comprovar e aprimorar o processo de ensino e aprendizagem. “É, sem dúvidas, uma excelente oportunidade para que os alunos conheçam seus pontos fortes e fracos. Ao corrigirem as questões, eles entendem o porquê de cada erro, de cada acerto e comparam seus resultados. A autoanálise é a chave para o sucesso a longo prazo”, acrescenta Jarlene.

Dinâmica da prova

Os alunos têm a oportunidade de vivenciar na prática como será a prova do ENEM. Neste último semestre, as questões se basearam nas seguintes áreas: inglês, espanhol, geografia, ciências, língua portuguesa, matemática, artes e história, além da redação. A pontuação é calculada conforme a Teoria de Resposta ao item, descartando a possibilidade de “chute”. As questões são inéditas e elaboradas por especialistas, nos moldes do ENEM e PAS e acompanhadas em pré-testes.

Emily Carvalho, aluna do 1º ano do Ensino Médio do Colégio Adventista de Planaltina, conta que foi interessante passar pela experiência de vivenciar algo parecido com o que terá que encarar para entrar na faculdade. “O simulado foi de grande importância para mim, ainda mais porque em dois concluo o Ensino Médio e preciso ter um pouco mais de conhecimento sobre a prova do PAS. A prova que foi aplicada não estava tão difícil e tinha um formato bem diferente do que costumo realizar no cotidiano”, pondera.

Já o estudante do 3º ano Gabriel Adeonato, que também prestou a prova, comenta que os simulados são importantes para dar uma base dos métodos de prova aplicados no ENEM, PAS e outros vestibulares. “Os temas de redação também são importantes para o domínio linguístico do aluno e na sua preparação em textos dissertativos -argumentativos nos mais variados assuntos, e, como vimos esse ano no tema de Redação do Enem, todo tipo de tema e argumentação é válida e deve-se ter uma boa base argumentativa para escrever qualquer redação de êxito”, mensura.

De acordo com a professora de redação e gramática Sabrina Bernardo, a melhor forma de o candidato se preparar para os exames oficiais como ENEM, PAS, vestibulares em geral e concursos é por meio de simulados. “Além de promover ao aluno a oportunidade de testar o conhecimento adquirido durante o bimestre, permite o aprendizado e amadurecimento necessários para aquisição de controle emocional e administração do tempo”, finaliza a docente.

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox