Notícias Adventistas

Projeto dá motivação e apoio a candidatos sabatistas do Enem

Em 2016, mais de 70 mil sabatistas deverão fazer provas do Enem em horário diferenciado nesse ano

3 de novembro de 2016
Jovem fala durante culto do Pausem com camisetas ao fundo: movimento para apoiar candidatos.

Jovem fala durante culto do Pausem com camisetas ao fundo: movimento para apoiar candidatos. Foto: Facebook oficial do Pausem

Rio de Janeiro, RJ … [ASN] Imagine a cena. Uma jovem de 19 anos, adventista, indo até uma faculdade no centro do Rio de Janeiro para fazer a esperada prova do Exame Nacional de Ensino Médio (Enem). Detalhe: como ela é guardadora do sábado, não fará a prova no mesmo horário dos demais colegas. Fará depois. Essa foi a realidade de Luiza Justo, que participou do Exame em 2014 e 2015 em busca de uma vaga na Universidade Federal do Rio de Janeiro no curso de Fisioterapia. Seu alento, nesse momento de tensão e até certa apreensão, foi o trabalho realizado pelos jovens da Igreja Adventista Central do Rio de Janeiro chamado Pausem.

Luiza lembra que, no ano passado, seguiu algumas dicas que os jovens desse projeto deram para ela em relação a uma atitude tranquila durante a prova. “Durante a espera, eu contei com essa mobilização do grupo. Tudo se tornou mais fácil. Eu acho que é o tipo de iniciativa para ser feita em outras regiões do Brasil. Além disso, é uma boa oportunidade de testemunho para outros estudantes que estão ali fazendo a prova”, comenta.

O Enem, criado em 1998, é uma avaliação de desempenho dos estudantes de escolas públicas e particulares do Ensino Médio. Os resultados geram dados para o governo melhorar políticas públicas de educação e servem, ainda, como um indicador de desempenho individual dos alunos. Está previso para nesse próximo sábado, dia 5 (primeiro dia de provas), que mais de 76 mil inscritos sabatistas sigam o que já ocorreu em anos anteriores. Aguardarão ao menos seis horas, após início oficial do exame, para começar as provas. São os candidatos que guardam o sábado, a exemplo da jovem Luiza. No domingo, farão a prova nos mesmos horários dos demais.

Vídeo com ação do Pausem em 2015:

Terceiro ano de apoio

Jakeline e o esposo Rômulo trabalham para mobilizar juventude.

Jakeline e o esposo Rômulo trabalham para mobilizar juventude. Fonte: Facebook do Pausem

E, em 2016, assim como em 2015 e 2014, o projeto Pausem promete marcar presença entre os alunos guardadores do sábado. “O projeto começou em 2014 e, já nesse ano, tivemos o apoio de vários jovens da Igreja Adventista que, aliados ao Ministério Jovem local, levaram brindes, cartazes com frases de incentivo e uma mensagem espiritual cantada e falada”, comenta Jakeline Zandonadi Antonio, uma das coordenadoras.

No ano passado, esses voluntários do bem confeccionaram 400 camisas para o projeto. Já em 2016, houve incremento e foram feitas 500 camisas. Os organizadores afirmam que há mais de 450 jovens inscritos para participar do projeto. No sábado dia 22 de outubro, os candidatos receberam gratuitamente a sua camisa em um culto feito especialmente para eles na Igreja Adventista Central Rio. E o mais interessante: a iniciativa já se expandiu. Além do estado do Rio, estão previstas ações semelhantes do Pausem na Bahia (Porto Seguro, Cabrália e Ubaitaba)

“Nesse sábado prévio, foi uma oportunidade para os jovens estarem juntos no dia da prova do Enem se conhecerem, receberem orientações gerais, confraternizarem com os professores e diretores dos colégios adventistas do Rio, receberem um reforço espiritual e, no final, pegarem sua camisa. No dia 5 estaremos no portão de acesso dos sabatistas para recebe-los com cartazes de incentivo, água, lanches, pastores e professores também estarão lá para incentiva-los e oraremos com eles. Contaremos, ainda, com a ajuda dos desbravadores já na saída do metrô recebendo nossos jovens. E uma pequena banda nos ajudará a puxar os louvores de apoio”, afirma Jakeline. [Equipe ASN, Felipe Lemos]

Veja Também


Comentários

WordPress Image Lightbox